+ Responder Tema
Página 5 de 9 PrimerPrimer 123456789 ÚltimoÚltimo
Resultados 61 al 75 de 121

Tema: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

  1. #61
    Fecha de Ingreso
    12 May, 11
    Ubicación
    brasil
    Mensajes
    1,788
    Gracias
    11,098
    7,901 gracias recibidas en 1,806 Posts
    Mencionado
    256 Mensaje(s)
    Etiquetado
    42 Tema(s)
    Citado
    533 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    E aí moçada, alguma novidade para 2013 ?


    Cultivo para meu uso restrito medicinal, espiritual e recreativo.
    Não faço apologia, não ofereço nem vendo.
    Não sou viciado nem traficante.
    ​Sou usuário consciente!

  2. Los siguientes 2 Usuarios dan las gracias a BAMBOOM por este Post:

    Ganjazz (09/06/2013), Harvest*Time (10/02/2013)

  3. #62
    Fecha de Ingreso
    12 May, 11
    Ubicación
    brasil
    Mensajes
    1,788
    Gracias
    11,098
    7,901 gracias recibidas en 1,806 Posts
    Mencionado
    256 Mensaje(s)
    Etiquetado
    42 Tema(s)
    Citado
    533 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Achei no Face Book : próxima reunião no Centro Cultural SP,dia 24 de fevereiro, às 15:00h.

    Quer participar do processo de construção da Marcha da Maconha São Paulo? Compareça a próxima reunião, dia 24 de fevereiro, às 15h, no CCSP. Nossa vitória não será por acidente!


    Abaixo segue a ata do último encontro




    02/02/2013, CCSP


    Data da Marcha da Maconha 2013
    Existia a ideia de fazermos dia 18 de maio, junto com o ato da luta antimanicomial, que acontece todo ano nessa data e tá marcado pra ser no Masp também. Mas como a virada cultural vai ser no último final de semana de maio, e é bem importante pra panfletagem, optamos por fechar a data da marcha na próxima reunião. Ainda assim, tiramos que, se a marcha não for realizada no dia 18, vamos compor o ato da luta antimanicomial pra somar no movimento deles.



    Eixo
    Tentaremos esse ano organizar a marcha em blocos temáticos (que podem ser desde argumentos contra a proibição, como a defesa do uso medicinal até pautando a relação entre o antiproibicionismo e outros movimentos, como o feminista e o antimanicomial). Tiramos, então, que vamos ter um eixo/frase que seja mais abrangente, e na parte de trás da camiseta poderemos ter frases a respeito de temas específicos.



    Ideias já sugeridas na reunião:
    - “Marcha da Maconha 2013 – A proibição (ou guerra) incomoda a todos”
    - “Marcha da Maconha 2013 – Porque a proibição incomoda muito mais”



    Bandeirão sequestrado
    No show do dia 25 de janeiro no Anhangabaú, o bandeirão da marcha ficou exposto uns 10 minutos no viaduto do chá e foi apreendido pela GCM. O bandeirão é da marcha sp desde o ano passado, foi comprado com o dinheiro do catarse, e custou R$1500. Ele está agora na subprefeitura da Sé. Temos que fazer um requerimento e entregar na subprefeitura, que vai encaminhar para a GCM que, por sua vez, vai contar sua versão da história e dizer o que alegam para a apreensão da faixa. - Foi montada uma comissão pra correr atrás disso.



    Ras Geraldinho
    Maria Antônia deu o informe que o habeas corpus do Geraldinho já foi julgado dia 9. O movimento da igreja dele está preparando uma cartilha pra ser distribuída, e possivelmente vai rolar algum ato. Nos manteremos informados.



    Baixo Centro
    Entre os dias 5 e 15 de abril vai rolar o festival baixocentro, que é, em resumo, uma ação da sociedade civil, focado principalmente em atividades culturais, de ocupação de espaços públicos. A chamada pública pra inscrição de atividade (que pode ser qualquer coisa, tipo um stand, uma oficina, uma intervenção, etc) vai até dia 22 de fevereiro. Mais infos: festival.baixocentro.org.


    Panfletagens
    Ainda temos cartilhas da marcha do ano passado e vamos rodar material com a data desse ano pra ser panfletado
    - Nos bloquinhos de carnaval
    - Dia 3 de março, na feirinha do Masp



    Congresso antiproibicionista em Brasília
    Vai rolar um congresso antiproibicionista que está sendo pensado desde 2011 como um encontro acadêmico e político entre os dias 3 e 5 de maio na UnB, em Brasília. No sábado a programação do congresso vai parar e vai acontecer uma marcha da maconha com todos os coletivos do Brasil que tiverem por lá. Vamos pensar formas de nos mobilizarmos pra ir pra lá.



    Blocos
    Por enquanto tiramos os seguintes blocos pra marcha (que devem organizar ações e articulações):
    - Medicinal
    - Antimanicomial
    - Autocultivo
    - Feminista
    - Religioso - Psicodélico



    Comissões

    Por enquanto tiramos as seguintes comissões pra marcha, e pessoas referências que tão nessa função:
    - Comunicação
    - Arrecadação
    - Caravana da marcha
    - Congresso antiproibô Brasília
    - Resgate do bandeirão

    Link para o FB http://www.facebook.com/MarchaDaMaconhaSaoPaulo



    Cultivo para meu uso restrito medicinal, espiritual e recreativo.
    Não faço apologia, não ofereço nem vendo.
    Não sou viciado nem traficante.
    ​Sou usuário consciente!

  4. Los siguientes 7 Usuarios dan las gracias a BAMBOOM por este Post:

    Ganjazz (09/06/2013), Harvest*Time (15/02/2013), Mar.de.Ganja (10/02/2013), marywanna (15/02/2013), oliguba (13/06/2013), sickorico (20/02/2013), Trich Lover (03/05/2013)

  5. #63
    Fecha de Ingreso
    18 May, 12
    Ubicación
    brasil
    Mensajes
    153
    Gracias
    445
    420 gracias recibidas en 135 Posts
    Mencionado
    7 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    40 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Cita Iniciado por BAMBOOM Ver Mensaje
    Achei no Face Book : próxima reunião no Centro Cultural SP,dia 24 de fevereiro, às 15:00h.

    Quer participar do processo de construção da Marcha da Maconha São Paulo? Compareça a próxima reunião, dia 24 de fevereiro, às 15h, no CCSP. Nossa vitória não será por acidente!


    Abaixo segue a ata do último encontro




    02/02/2013, CCSP


    Data da Marcha da Maconha 2013
    Existia a ideia de fazermos dia 18 de maio, junto com o ato da luta antimanicomial, que acontece todo ano nessa data e tá marcado pra ser no Masp também. Mas como a virada cultural vai ser no último final de semana de maio, e é bem importante pra panfletagem, optamos por fechar a data da marcha na próxima reunião. Ainda assim, tiramos que, se a marcha não for realizada no dia 18, vamos compor o ato da luta antimanicomial pra somar no movimento deles.



    Eixo
    Tentaremos esse ano organizar a marcha em blocos temáticos (que podem ser desde argumentos contra a proibição, como a defesa do uso medicinal até pautando a relação entre o antiproibicionismo e outros movimentos, como o feminista e o antimanicomial). Tiramos, então, que vamos ter um eixo/frase que seja mais abrangente, e na parte de trás da camiseta poderemos ter frases a respeito de temas específicos.



    Ideias já sugeridas na reunião:
    - “Marcha da Maconha 2013 – A proibição (ou guerra) incomoda a todos”
    - “Marcha da Maconha 2013 – Porque a proibição incomoda muito mais”



    Bandeirão sequestrado
    No show do dia 25 de janeiro no Anhangabaú, o bandeirão da marcha ficou exposto uns 10 minutos no viaduto do chá e foi apreendido pela GCM. O bandeirão é da marcha sp desde o ano passado, foi comprado com o dinheiro do catarse, e custou R$1500. Ele está agora na subprefeitura da Sé. Temos que fazer um requerimento e entregar na subprefeitura, que vai encaminhar para a GCM que, por sua vez, vai contar sua versão da história e dizer o que alegam para a apreensão da faixa. - Foi montada uma comissão pra correr atrás disso.



    Ras Geraldinho
    Maria Antônia deu o informe que o habeas corpus do Geraldinho já foi julgado dia 9. O movimento da igreja dele está preparando uma cartilha pra ser distribuída, e possivelmente vai rolar algum ato. Nos manteremos informados.



    Baixo Centro
    Entre os dias 5 e 15 de abril vai rolar o festival baixocentro, que é, em resumo, uma ação da sociedade civil, focado principalmente em atividades culturais, de ocupação de espaços públicos. A chamada pública pra inscrição de atividade (que pode ser qualquer coisa, tipo um stand, uma oficina, uma intervenção, etc) vai até dia 22 de fevereiro. Mais infos: festival.baixocentro.org.


    Panfletagens
    Ainda temos cartilhas da marcha do ano passado e vamos rodar material com a data desse ano pra ser panfletado
    - Nos bloquinhos de carnaval
    - Dia 3 de março, na feirinha do Masp



    Congresso antiproibicionista em Brasília
    Vai rolar um congresso antiproibicionista que está sendo pensado desde 2011 como um encontro acadêmico e político entre os dias 3 e 5 de maio na UnB, em Brasília. No sábado a programação do congresso vai parar e vai acontecer uma marcha da maconha com todos os coletivos do Brasil que tiverem por lá. Vamos pensar formas de nos mobilizarmos pra ir pra lá.



    Blocos
    Por enquanto tiramos os seguintes blocos pra marcha (que devem organizar ações e articulações):
    - Medicinal
    - Antimanicomial
    - Autocultivo
    - Feminista
    - Religioso - Psicodélico



    Comissões

    Por enquanto tiramos as seguintes comissões pra marcha, e pessoas referências que tão nessa função:
    - Comunicação
    - Arrecadação
    - Caravana da marcha
    - Congresso antiproibô Brasília
    - Resgate do bandeirão

    Link para o FB http://www.facebook.com/MarchaDaMaconhaSaoPaulo



    Quero comparecer certeza,acordando o dia certo to lá,moro perto de sampa se eu puder ajudar em alguma coisa ,só fala .....

  6. Los siguientes 7 Usuarios dan las gracias a Mar.de.Ganja por este Post:

    BAMBOOM (15/02/2013), Ganjazz (09/06/2013), Harvest*Time (15/02/2013), labrenfa (15/02/2013), marywanna (15/02/2013), sickorico (20/02/2013), Trich Lover (03/05/2013)

  7. #64
    Fecha de Ingreso
    12 May, 11
    Ubicación
    brasil
    Mensajes
    1,788
    Gracias
    11,098
    7,901 gracias recibidas en 1,806 Posts
    Mencionado
    256 Mensaje(s)
    Etiquetado
    42 Tema(s)
    Citado
    533 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Estarei lá na marcha, com certeza.

    Próxima reunião no Centro Cultural SP,dia 24 de fevereiro, às 15:00h.

    Mais infos aqui
    http://anonym.to/?http://www.facebook.com/MarchaDaMaconhaSaoPaulo


    Cultivo para meu uso restrito medicinal, espiritual e recreativo.
    Não faço apologia, não ofereço nem vendo.
    Não sou viciado nem traficante.
    ​Sou usuário consciente!

  8. Los siguientes 5 Usuarios dan las gracias a BAMBOOM por este Post:

    Ganjazz (09/06/2013), sickorico (20/02/2013), Thulle (09/05/2013), Trich Lover (03/05/2013), Verdim (13/03/2013)

  9. #65
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP




    Última edición por Trich Lover; 05/04/2013 a las 18:56 PM

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  10. Los siguientes 6 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    BAMBOOM (06/04/2013), fingergreen (09/05/2013), Ganjazz (09/06/2013), Harvest*Time (09/04/2013), oliguba (13/06/2013), Thulle (09/05/2013)

  11. #66
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Ajude a Marcha da Maconha SP 2013 a rodar 20mil panfletos!!!




    A Marcha da Maconha é um movimento autônomo que já acontece em mais de 37 cidades no Brasil, e em São Paulo, desde 2008 vem ganhando as ruas para reivindicar que o Estado adote uma política de drogas mais sensata e humana. Ano passado, com a sua ajuda conseguimos custear folhetos, faixas, cartilhas, adesivos e bottons. Agora, em 2013, a Marcha conta mais uma vez com a sua contribuição. E aí, topas?

    Você pode colaborar através do site
    (http://www.vakinha.com.br/VaquinhaP.aspx?e=198565). Se atingido o valor estipulado, serão rodados mais 20 mil panfletos de divulgação. E, se conseguirmos angariar mais verdinhas para lutar pela legalização do verdinho, esse número pode aumentar, e consequentemente, a visibilidade da causa também.

    Além da contribuição financeira, é possível ajudar na ampliação do movimento de diversas maneiras, seja somando forças em nossas atividades ou através da doação de materiais, como panfletos, tinta, panos e etc.

    A legalização é uma demanda não só dos usuários, mas de toda a sociedade. Basta de racismo, criminalização da pobreza, moralismo, violência, corrupção e proibição. Queremos o direito à saúde, à informação, ao próprio corpo, à autonomia, à liberdade: é tempo de uma nova política de drogas para o Brasil. Colabore, divulgue essa ideia!

    A Marcha da Maconha 2013,dia 08/06, às 14h, no
    MASP.
    http://www.facebook.com/events/121921841332310/

    A PROIBIÇÃO MATA: LEGALIZE A VIDA

    marchadamaconha.org


    fb.com/MarchaDaMaconhaSaoPaulo

    twitter.com/marchadamaconha

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  12. Los siguientes 3 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    BAMBOOM (10/05/2013), Ganjazz (09/06/2013), Thulle (09/05/2013)

  13. #67
    Fecha de Ingreso
    06 Sep, 09
    Ubicación
    Caí da espaçonave.
    Mensajes
    1,642
    Gracias
    4,091
    6,731 gracias recibidas en 1,517 Posts
    Mencionado
    202 Mensaje(s)
    Etiquetado
    44 Tema(s)
    Citado
    254 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    FICO ORGULHOSO DE PARTICIPAR.
    TAMBÉM DIGO CHEGA, BASTA DE TANTA HIPOCRISIA.

    GANJA FOR US.

    Legal saber que saiu HC do Ras.
    Tô torcendo para a galera sair abrindo templo por aí
    Última edición por Thulle; 09/05/2013 a las 01:34 AM

    Gosto Muito

  14. Los siguientes 3 Usuarios dan las gracias a Thulle por este Post:

    BAMBOOM (10/05/2013), Ganjazz (09/06/2013), oliguba (13/06/2013)

  15. #68
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Ator Zé de Abreu faz convite para a Marcha da Maconha 2013-SP

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  16. Los siguientes 8 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    akaseeds (04/06/2013), BAMBOOM (03/06/2013), Ganjazz (09/06/2013), Harvest*Time (03/06/2013), Jim*Morrison (03/06/2013), Mr. Moe (07/06/2013), oliguba (13/06/2013), Thulle (05/06/2013)

  17. #69
    Fecha de Ingreso
    24 Nov, 08
    Mensajes
    134
    Gracias
    19
    39 gracias recibidas en 19 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Eae galera sabado agora sera a marcha da maconha em Sao Paulo, vai rolar algum encontro do CannabisCafe!?

    Poderia haver algo do tipo certo!?

    Lembro que uma vez rolou algo sobre uma camiseta cannabiscafe, essa camiseta saiu?!?! seria legal se tivermos algo para nos identificarmos

  18. Los siguientes 2 Usuarios dan las gracias a NeilYoung por este Post:

    Ganjazz (09/06/2013), oliguba (13/06/2013)

  19. #70
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP



    A PM usou um equipamento conhecido como "olho de águia" --uma câmera de alta resolução instalada em helicópteros que grava e transmite imagens para postos de comando Leia mais

    A primeira marcha em São Paulo foi realizada em 2008, no parque Ibirapuera (zona sul), e teve apenas 50 pessoas, segundo os organizadores. Até 2011, a manifestação era sempre proibida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo sob o pretexto de que fazia apologia ao uso de drogas.
    Em 2011, o STF (Supremo Tribunal Federal) liberou a realização da marcha, pois sua proibição seria infringir o direito de liberdade de expressão.

    De acordo com Gabriela, até aquele ano, os esforços sempre se concentravam na própria realização da marcha. "Nosso foco acabava sendo a questão da liberdade de expressão, para poder marchar. Com a liberação, finalmente estamos conseguindo focar o que queríamos desde o início: discutir a política de drogas no país", diz.

    Com a autorização do STF, a manifestatante considera que as pessoas estão ficando mais à vontade para comparecer ao evento. O público chegou a 3.000 em 2011, de acordo com o coletivo. A estimativa da Polícia Militar era de 2.000 participantes.

    A quantidade de cidades onde a marcha é feita também aumentou: foram 20 cidades em 2011, 37 em 2012 e devem ser 43 neste ano.

    Para o evento em São Paulo, há mais de 12 mil participantes confirmados no Facebook .

    Fonte:
    http://www1.folha.uol.com.br/saopaul...ematicos.shtml




    Eu vou estar por lá, mas só depois das 14:30hs, com a camiseta da marcha de 2010 junto aos demais amigos floristas, ativistas e etc....ajudou?

    O LE LE, O LÁ LÁ quem for Cafeteiro ai é só chegar!

    Ah e @BAMBOOM só digo para vc prestar atenção titio, pq dia 08 é amanhã (sabado) se vc aparecer lá no domingo não vai ter ninguem mesmo, ai não reclama né! hehehe

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  20. Los siguientes 4 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    BAMBOOM (10/06/2013), Ganjazz (09/06/2013), Mr. Moe (07/06/2013), Thulle (13/06/2013)

  21. #71
    Fecha de Ingreso
    28 Feb, 13
    Ubicación
    Camboja
    Mensajes
    52
    Gracias
    130
    160 gracias recibidas en 47 Posts
    Mencionado
    5 Mensaje(s)
    Etiquetado
    18 Tema(s)
    Citado
    14 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Que a paz de Jah esteja com todos!

  22. Los siguientes 2 Usuarios dan las gracias a Mr. Moe por este Post:

    BAMBOOM (10/06/2013), Ganjazz (09/06/2013)

  23. #72
    Fecha de Ingreso
    11 Mar, 11
    Ubicación
    Brasil 1daSul
    Mensajes
    696
    Gracias
    4,106
    2,184 gracias recibidas en 631 Posts
    Mencionado
    14 Mensaje(s)
    Etiquetado
    48 Tema(s)
    Citado
    15 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Fala pessoas..

    Sinto muita vontade de participar de tudo mas como sabem estou bem longe da capital em uma cidadezinha minuscula,...

    Mas estou aqui acompanhando..

    Abraco pra todos....
    Em Casa,Somos um,Juntos Somos Todos.

  24. El siguiente Usuario da las gracias a Ganjazz por este Post:

    BAMBOOM (10/06/2013)

  25. #73
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    A Globo e a PM falaram em “cerca de mil” manifestantes… bom, eles precisam aprender a contar. Nada menos do que 10 mil pessoas marcharam neste sábado contra a “guerra às drogas” e pela legalização. Alguma dúvida? Se liga na foto! (Clique aqui e veja o álbum da Marcha da Maconha SP 2013)

    Marcha da Maconha reúne ativistas, estudantes e até bebê em SP

    UOL
    Manifestantes se reúnem na avenida Paulista para mais uma Marcha da Maconha na capital paulista

    Intervenções artísticas e palestras abriram a Marcha da Maconha, que reuniu neste sábado (8) manifestantes favoráveis à legalização da droga no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na região central da cidade.
    Carregando um cigarro de maconha gigante, o grupo fechou três faixas da avenida Paulista e apenas uma ficou livre para deixar passar os ônibus. Aos gritos de “Ei polícia, maconha é uma delícia”, o protesto seguiu em direção à praça da República, onde está prevista uma extensa programação musical durante a noite.

    As discussões levantadas pelo protesto foram representadas por diversos blocos de organização autônoma, como o antimanicomial, o religioso, o medicinal, o psicodélico e o contra a internação compulsória. O panfleto distribuído pela organização do ato coloca entre os problemas causados pela ilegalidade da droga o encarceramento em massa, a violência do Estado e a corrupção.
    O modelo segue a ideia de que a política de drogas no Brasil passa por diversos temas, explica uma das representantes do bloco feminista, Gabriela Moncau. “A gente acredita que o Estado faz uma ingerência indevida sobre o corpo dos cidadãos”, diz ao fazer um paralelo entre o direito ao uso de entorpecentes e o direito ao aborto, uma das bandeiras do feminismo. Gabriela destaca ainda que o tráfico é a maior causa da prisão de mulheres, que encarceradas, muitas vezes, enfrentam situações piores do que os homens. “Muitas estão em presídios que eram masculinos e não foram adaptados, tem mictórios no banheiro”, exemplifica.

    A dona de casa Ellen Yamada levou o filho Caio, de apenas 2 meses, para participar da manifestação. “Estou aqui para demonstrar minha revolta pela ilegalidade da maconha e a legalidade de coisas que fazem muito mais mal e são vendidas normalmente, como o cigarro e a bebida”, disse, ao destacar que acha esse tipo de contradição uma hipocrisia da sociedade.

    As estudantes de história Lívia Filoso e Rhana Nunes foram ao protesto principalmente para ver a palestra do professor Henrique Carneiro, que leciona para ambas e falou no início no evento. Apesar da motivação comum, as duas têm opiniões diferentes sobre o ideal da marcha, que neste ano teve o lema “A proibição mata: legalize a vida”.
    Rhana não acredita que a venda legal de drogas vá reduzir o tráfico. “Se as pessoas pudessem plantar, eu era a favor. Mas dá muito trabalho, elas vão continuar indo ao morro, porque vai ser mais barato”, disse ao comparar a venda de drogas com a de produtos falsificados.



    A organização da marcha calcula que até 5.000 pessoas devem ter participado nos momentos de maior concentração, enquanto o major Élcio Góes, responsável pelos 150 homens da Polícia Militar que acompanharam a manifestação, disse que só faria uma estimativa de público ao final do protesto. Ao fechar ruas e avenidas importantes, como a rua Augusta e a rua da Consolação, a marcha consegue, na opinião de Marcos Magri, atingir um de seus objetivos: “causar impacto na sociedade”.

    Policiais e manifestantes entram em conflito, mas Marcha da Maconha segue

    Folha
    Manifestantes que participam da Marcha da Maconha neste sábado (8) em São Paulo entraram em conflito com policiais. O ato, que começou na av. Paulista, vinha ocorrendo de forma pacífica até que, na altura do número 1.029 da rua Augusta, um manifestante se desentendeu com um PM, que o prendeu.
    Na sequência, integrantes da marcha tentaram impedir a detenção e hostilizaram os policiais, atirando latas de cerveja e outros objetos. Os PMs responderam com golpes de cassetete e spray de pimenta.
    Houve correria e confusão até a altura da esquina da Augusta com a rua Costa, quando os PMs fizeram uma linha de contenção e a marcha foi retomada.
    A polícia informa que uma pessoa foi presa por posse de entorpecente e encaminhada para o 78º DP, nos Jardins. A advogada Carolina Freitas, 23, diz que tentou conversar com os policiais sobre a situação do jovem, que estava com um baseado na mão, mas um policial tentou imobilizá-la e a agrediu com dois golpes de cassetete.
    Manifestantes entram em conflito com a policia durante Marcha da Maconha na Rua Augusta em São Paulo

    De acordo com o major Élcio Góes, comandante da operação da PM, 150 policiais foram destacados para acompanhar a marcha. O esquema de segurança inclui a chamada “operação Olho de Águia”, na qual duas motos equipadas com câmeras vão filmar o ato, enviando as imagens automaticamente para uma central de monitoramento
    Góes disse acreditar que não haveria consumo de maconha durante o ato, mas que seria feita a repressão caso o uso da droga fosse flagrado pelos policiais.
    No entanto, já com a caminhada em curso pela rua Augusta, que foi ocupada nos dois sentidos, a reportagem da Folha presenciou o uso da maconha por diversos manifestantes, sem que os policiais tomassem qualquer iniciativa para coibir a prática até aquele momento.
    A MARCHA
    A manifestação de hoje é a segunda Marcha da Maconha realizada em São Paulo depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) assegurou a legalidade desse tipo de protesto, em junho de 2011.
    A concentração para o ato começou às 14h no vão livre do Masp e seguiu em direção ao centro da capital. Em acordo com os manifestantes, a Polícia Militar liberou a ocupação de três faixas da via no sentido Consolação.
    Neste ano, o ato tem como lema a frase: “Proibição mata: legalize a vida”. A organização da Marcha esperava cerca de 5.000 participantes, atraídos por shows de bandas de rap e reggae que acontecerão na região da praça da República.
    Às 17h40, o tenente Becker, subcomandante da operação, estimava a presença de cerca de 1.000 pessoas na marcha. Já a organização do ato fala em 10 mil participantes. Renato Cinco (Psol), vereador no Rio de Janeiro, disse que essa foi a maior marcha que ele já presenciou o no país.
    ALVOS
    Segundo o cientista social Marco Saião Magri, 27, que integra a organização do movimento, a marcha tem como “alvo” autoridades que tem defendido o aumento da política de repressão às drogas, com o deputado federal Osmar Terra (PMDB-RS), autor do projeto de lei que endurece penas para o tráfico, e a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, que se declarou contra a descriminalização das drogas.
    Outro alvo das críticas, segundo Magri, será o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, coordenador do programa de combate ao crack do governo de São Paulo. O movimento é contra o incentivo à criação de comunidades terapêuticas para o tratamento de usuários, que também pode incluir a internação compulsória de dependentes.
    “São Paulo deu o azar de ter, nas três esferas de governo, autoridades que seguem investindo nessa estratégia de enfrentamento que já se mostrou fracassada”, disse Magri.
    A marcha também abrirá espaço para a manifestação de outros grupos, como o movimento feminista, que critica a aprovação por uma comissão da Câmara do chamado Estatuto do Nascituro –projeto encampado por líderes evangélicos que pode restringir os casos de aborto legal em caso de estupro e risco de vida para a mãe.
    REAÇÕES
    Apesar de liberada, a Marcha da Maconha continua despertando reações extremadas entre simpatizantes e apoiadores da causa. O aposentado Enio Semeguine, 64, criticou a manifestação e se disse contrário à legalização da maconha.”Tenho um amigo que perdeu tudo, casa, trabalho, família, porque o filho era viciado em drogas”, disse.
    Já o holandês Paul Kniest, 48, que mora no Brasil e trabalha na área de T.I., defendeu a Marcha. Apesar de dizer que nunca usou drogas, Kniest disse que a liberação na Holanda não aumentou o número de usuários. O único “efeito colateral” para ele, foi o aumento do número de turistas de países vizinhos que vão à Holanda apenas para consumir a droga nos “coffee-shops”.
    O videomaker Grima Grimaldi, por sua vez, não mediu palavras para defender a legalização da cannabis. “Fumo desde os 17 anos, tenho 57 e nunca escondi isso. Você pode ter um monte de bebidas em casa, mas não pode ter um pé de maconha. É um absurdo”, disse ele, que fez questão de se qualificar como “documentarista e maconheiro”.
    “Meu filho é músico. Hoje mora em Londres. Fumo na frente dele desde que nasceu e mesmo assim ele nunca pegou num baseado”, prosseguiu Grimaldi. “Os pais hoje vivem numa paranoia. Se o filho quiser fumar, ele vai fumar”.

    Manifestantes realizam Marcha da Maconha na Avenida Paulista

    G1
    De acordo com a PM, cerca de 1 mil pessoas participam do evento.
    Organizadores querem debate descriminalização da droga.


    Com bateria e gritos de ‘eu sou maconheiro com muito orgulho e muito amor’ e ” ei policia, vai tomar marguerita’, Marcha da Maconha ocupa três faixas da Avenida Paulista (Foto: Pâmela Kometani/ G1)

    A Polícia Militar deteve neste sábado (8) durante a Marcha da Maconha um jovem suspeito de porte de entorpecente. A substância não foi qualificada pelos policiais.
    O rapaz foi conduzido ao 78º Distrito Policial, dos Jardins. Houve tumulto porque participantes da marcha tentaram impedir a ação. A PM estima que 1 mil pessoas participam da manifestação. Segundo o Major Élcio Góes, 150 homens realizaram o policiamento.
    saiba maisA Marcha da Maconha começou no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), seguiu pela Paulista no sentido Consolação, desceu a Rua Augusta e a Rua da Consolação e terminou na Praça da República, onde os manifestantes foram recebidos com shows de música.
    Gabriela Moncau, uma das organizadoras da marcha, estima que o evento atingiu 10 mil pessoas. “Mesmo com o tumulto a avaliação é positiva. Ela cumpriu o papel de chamar a atenção da população para esse debate”, afirmou.
    De acordo com Gabriela, houve truculência da polícia. “Não existe uma explicação para se bater na pessoas.” Sobre o jovem apreendido, ela disse que ele estava fumando maconha e que os advogados na marcha iriam à delegacia para cuidar do caso. “Orientamos as pessoas a não fumarem, mas isso mostra como todos estão cansados dessa hipocrisia”, afirmou.
    Durante a marcha, um grupo de pessoas fumava maconha, soltava fogos e gritava: “Olha, que vergonha, o busão está mais caro que a maconha.”
    A programação do evento incluiu organização dos blocos de acordo com a proposta de uso da maconha: religioso, medicinal ou psicodélico. Também há grupos feminista, de esquerda, da Zona Sul, da Zona Leste, contra a internação compulsória.

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  26. Los siguientes 5 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    akaseeds (10/06/2013), BAMBOOM (10/06/2013), Ganjazz (10/06/2013), oliguba (13/06/2013), Thulle (10/06/2013)

  27. #74
    Fecha de Ingreso
    03 May, 12
    Ubicación
    Igreja São Terêncio Mackniana
    Mensajes
    1,089
    Gracias
    3,664
    4,830 gracias recibidas en 1,088 Posts
    Mencionado
    159 Mensaje(s)
    Etiquetado
    32 Tema(s)
    Citado
    283 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    Marcha da Maconha Sampa 13, nois fumo!!

    Essa foi a melhor a mais bonita que já fui desde 2009....também depois de tanta repressão e borrachada.

    Deixei meu carro na estação e fui de metro e depois de longboard até o local!

    Logo na chegada encontrei o pessoal da organização "Picax" e "Pintolico" e depois o André Barros, Renato 5, Sidarta e etc.

    Encontrei os amigos e ai fiquei totally medicated né, e foi muito bom trombar os Cafeteiros:

    Verdim, AKA Seeds, Bamboom, Forester e Mirabeck


    Foi épico, uma grande conquista e lindo de se ver!

    Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
    Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
    http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...elaria-Mágica

  28. Los siguientes 7 Usuarios dan las gracias a Trich Lover por este Post:

    AK-13 (04/02/2014), akaseeds (10/06/2013), BAMBOOM (10/06/2013), Beckenbauer (10/06/2013), Ganjazz (10/06/2013), oliguba (13/06/2013), Thulle (10/06/2013)

  29. #75
    Fecha de Ingreso
    06 Sep, 09
    Ubicación
    Caí da espaçonave.
    Mensajes
    1,642
    Gracias
    4,091
    6,731 gracias recibidas en 1,517 Posts
    Mencionado
    202 Mensaje(s)
    Etiquetado
    44 Tema(s)
    Citado
    254 Mensaje(s)

    Re: Cannabis Café Na Marcha da Maconha em SP

    perdi

    isso é lindo, que legal esse movimento se Deus quiser ano a ano só vamos é crescer.

    valeu Trich se calhar eu ainda dou um rolé nesse longboard aí

    Organização da Marcha abalou geral.

    Só batendo palma para maconheiro responsa.

    Gosto Muito

  30. Los siguientes 4 Usuarios dan las gracias a Thulle por este Post:

    BAMBOOM (10/06/2013), Ganjazz (10/06/2013), oliguba (13/06/2013), Trich Lover (12/06/2013)

+ Responder Tema
Página 5 de 9 PrimerPrimer 123456789 ÚltimoÚltimo

Usuarios Etiquetados

Permisos de Publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes