+ Responder Tema
Resultados 1 al 5 de 5

Tema: Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

  1. #1
    Fecha de Ingreso
    03 mar, 12
    Ubicación
    Amazónia Cannabica
    Mensajes
    1,619
    Gracias
    1,655
    2,182 gracias recibidas en 980 Posts
    Mencionado
    79 Mensaje(s)
    Etiquetado
    2 Tema(s)
    Citado
    339 Mensaje(s)

    Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

    Tutorial - Colheita, Secagem, Manicure e cura:

    Colheita: Quando sua planta cannabis começa a chegar ao fim da vida, não se deve fertilizar mais, para permitir que a sua planta possa consumir e eliminar o excesso de nutrientes.
    Cada planta opera em seu próprio ritmo, com datas de colheita. Para ver se sua planta cannabis está pronta para ser colhida, utilizar um microscópio de bolso com aumento de 20x a 50x e verificar a coloração dos tricomas, quando a maioria estiverem leitosos ou ''milky'' e certa porção a ficar acastanhados ''amber'' essa é a altura ideal para cortar as suas flores, apesar que varia também da preferência do cultivador. Também se podem guiar pela cor dos pistílos , mas a maneira mais fiável é mesmo pelos tricomas.


    Na etapa final do desenvolvimento da planta ela incrementa muito sua produção de resina.. nessa resina se encontram - entre muitos outros componentes - os psicotrópicos cannabinóides... os principais cannabinóides encontrados nesta etapa são o ácido tetrahidrocannabinóico (THCA) o famoso THC o cannabidiol (CDB) e o cannabinol (CBN)... existem outros componentes variantes, e suas versões ácidas mas eles são em pequena quantidade e portanto irrelevantes para nós..
    Seus efeitos aproximados (considerando-se que cada pessoa tem uma reação diferente...) são:

    THCA > não é muito ativo psicotropicamente falando.. têm 10% do poder psicotrópica do THC.

    THC > é o componente mais conhecido e responsável pela onda euforizante q sentimos em alguns tipos de maconha.. do tipo querer ir fazer as coisas... ( apesar de estarmos bem loucos e não conseguirmos fazer nada...)

    CDB > proporciona um sentimento euforizante pesado porém de curta duração... mais ou menos como quem não fuma (tabaco) e fuma um cigarro, tragando bem fundo... vc vai ficar tonto, talvez enjoado mais por pouco tempo.... os entendidos do assunto dizem que este é o psicotrópico que nosso sistema nervoso mais rapidamente cria resistência... também se diz que as experiências desagradáveis com a erva (tipo pânico e enjoo) são devidas geralmente ao CDB, por isso estas sensações são mais comuns em fumantes novatos...para os fumantes experientes no entanto este componente pode ser prazeroso..

    CBN > Tem as características relaxantes da erva (leia-se chapadão...)
    Bom o THCA é o que está mais abundante neste momento (antes de colher, na etapa final de seu desenvolvimento..) um fumo com muito CBN é geralmente aquele que te dá vontade de não fazer nada.. o CBN também acaba por se decompor em outros componentes não psicoativos, porém depois dos outros componentes acima citados.. e daí é que vem aquele fumo velho, um pouco chapante e nada euforizante..

    No momento da colheita a planta tem mais THCA (pouco ativo) do que THC (muito ativo) têm também uma parte de CDB (que também é psicoativo) e uma pequena parte de CBN ( que deixa te chapadão) .. quem quizer comprovar isso basta fumar um bud ( de boa qualidade..) recem colhido.. provavelmente ele não carburará mas experimentem colocar um um bong ou cachimbo.. vcs irão, provavelmente, ficar levamente euforizados (pela ação do THC) e nada chapados (pois ainda têm pouco CBN).. depois curem corretamente o fumo e tentem comparar as ondas ( se ainda se lembrarem.. )

    É aconselhável colher sempre a sua cannabis na parte da manhã, antes de as luzes se acenderem (ou o sol nascer). Isso ocorre porque as plantas armazenam açúcar e amido nas raízes durante a noite. Quando a luz acende, ou o sol nasce, no caso do cultivo feiro em área externa, esses nutrientes são transportados para cima por toda a planta para prepará-la para o dia. No entanto, você quer evitar isso, como os açúcares fazem a fumaça ficar muito mais pesada na hora do consumo. Você pode facilmente evitar o movimento dos nutrientes para cima fazendo o primeiro corte em toda a base dos caules, já que você está prestes a colher. Uma vez que esteja cortado, você pode acender as luzes para trabalhar, e coloque trabalho nisso, a preparação da colheita é algo extremamente satisfatório, mas muito trabalhoso, e uma pessoa sozinha pode levar até duas horas para finalizar o processo em uma planta, então acorde bem cedo e arregace as mangas.


    Manicure: Depois de ter colhido a planta, é hora de movê-la para a sua sala de secagem para que seja feita a sua manicure. É bom ter uma área bem ventilada e super cuidadosa na limpeza pronta para colocar suas flores. Isto irá assegurar que todo o material vegetal permaneça limpo - sacos plásticos pretos são ideais para isso. É altamente recomendável usar algumas luvas de látex, para que suas mãos não fiquem cobertas de resina e não contaminem a planta.

    Comece a retirar as grandes folhas que ficam em sua base. Você pode fazer isso com seus próprios dedos, como eles se encaixam facilmente. Depois disso, pode começar a remover as folhas secundárias, colocando-as em outra pilha. Depois de ter removido estas, a planta vai começar a parecer bastante nua.

    Fazendo a manicure de seus buds:

    Agora você terá acesso a algumas das folhas do interior dos buds, que você pode remover. Definitivamente investir em uma boa tesoura de corte para esse trabalho é algo precioso, ela vai te permitir fazer o trabalho muito mais fácil. Se você achar que sua tesoura está ficando sem corte por causa da resina, você pode usar álcool para limpar aquilo. Dica: Quando passar o álcool e raspar toda a resina, vá juntando em pequenas bolinhas,ao final do trabalho todo você terá um bom deguste de um haxixe fresco e pegajoso, mas para isso é melhor limpar a tesoura com álcool isopropílico.


    Para começar com o bom trabalho, tome a sua primeira galha e remova quaisquer ramos, folhas ou excesso de guarnição que você pode ter perdido na colheita - separando-os em pilhas como antes para uso posterior. Corte os ramos restantes e hastes em tamanhos de mão viáveis. Isso fará com que o próximo passo seja cada vez mais fácil. Repita esse processo para todas as suas plantas de cannabis.


    Em seguida, pegue cada ramo restante e corte fora os botões principais do tronco. É uma fase muito mais precisa que lhe permitirá separar o material realente bom do resto. É melhor cortar entre o botão e a folha, cortando a folha de distância na base. Se você não consegue chegar à base da folha, corte o máximo de caule da folha que você puder. Os caules e folhas perto dos brotos vão estar cobertos de resina cheia de tricomas. Isto faz com que essa parte possa se juntar à sua guarnição nobre e excelente para fazer haxixe ou como parte de seu material seco para fumar - definitivamente não jogue fora o que puder aparar.

    O montante resultante do que você vai acabar removendo vai depender se você estiver procurando por quantidade ou qualidade, se você remover tudo, exceto o bud privilegiado, você vai ficar com a melhor qualidade possível de bud. Deixando guarnição extra junto com o broto vai reduzir a qualidade geral, mas aumentar a quantidade após a cura. É claro, você ainda tem todas as guarnições que sobram para ainda fazer uma brincadeira com elas. Uma vez que está tudo bem cuidado, tudo que você tem a fazer é mover tudo para as redes de secagem ou pendurando os ramos com buds num estendal ou coisa do gênero.

    Experimente tentar aproveitar qualquer resina que fica em suas ferramentas, luvas e sacos. A resina pode ser congelada em um freezer e depois despedaçada e raspada em um momento posterior. Isto é alguma coisa muito nobre, potente, e pode fazer uma grande diferença na hora de fumar um baseado. É melhor colocar essas coisas em outro saco plástico antes de congelá-los, de modo que a resina não entre em contato direto com o gelo e se danifique.


    Secagem: Quando secar as suas flores de cannabis, elas perdem cerca de um quarto de seu peso fresco e saudável. Para uma rica erva em THC, é imperativo para secar as suas plantas em um local fresco e bem ventilado, longe da luz.
    Pendurar as suas plantas pelo tronco, cabeça para baixo. Faça com que os ramos não toquem uns nos outros para impedir o crescimento de fungos.
    A umidade ambiente deve estar entre 50 e 60% e a temperatura entre 15 e 21 °C.
    Dependendo do tamanho das cabeças e do clima, as suas flores estarão mais ou menos secas entre 1 a 2 semanas. Para verificar se sua erva está seca, dobre um ramo. Se ao dobrar ouvir um (Clak), mas não se quebrarem totalmente é sinal que estão prontos para passar á etapa seguinte, caso contrário deixar mais alguns dias a secar.
    Não seja impaciente a paciência neste momento é a chave de uma erva de qualidade!

    Secagem é o processo de desidratação da maconha (secagem mesmo.. que tira a agua e deixa ela "carborável").. e pricipalmente de transformação do THCA em THC.. Isso se faz deixando as flores em contato irrestrito com o oxigênio do ambiente.. o problema é q parte do THC se transforma em CBN e portanto o que conseguimos realmente é aumentar o THC e o CBN ou seja nesta etapa o fumo fica mais euforizante e mais sedante ao mesmo tempo..


    Cura: A cura é fundamental para conseguirmos uma erva de melhor sabor, potência e menos agressiva para os nossos pulmões.. Além disso com um processo adequado de cura poderíamos, ao menos em teoria, variar certos aspectos das características psicotrópicas do fumo... Os cubanos têm os melhores charutos em parte pelo apurado processo de cura que promovem em seu tabaco... o correto envelhecimento do vinho é um processo parecido com a cura também..

    Na etapa da cura queremos que a clorofila (que dá um péssimo gosto à erva e "arranha a garganta") e outros componentes se decomponham.. A correta cura melhora muito o sabor e o aroma do fumo assim como a potência..

    A decomposição da clorofila se dá em aproximadamente em 60 dias e a transformação de outros óleos essenciais ( que dão o aroma) se dão em 90 dias.. assim q o processo ótimo de cura leva 3 meses.. mais em uns 2 meses já temos um excelente fumo..
    Lamentavelmente neste processo parte do THC oxida transformando-se em CBN.. com a maconha perdendo assim parte de sua psicoatividade eufórica embora ganhe muito em matéria de sabor... O processo ideal de cura é uma combinação de gosto pessoal, condições ambientais e genética da planta..
    Uma boa maneira é ir curando e experimentando um pouquinho, até que se chegue ao ponto ou se acabe a paciência..
    Durante a cura ocorrem nos buds inúmeras reações químicas e alguma atividade de biosíntese.. basta lembrar de como amadurece e depois apodrece uma maçã, mesmo depois de colhida..
    Então como curar a erva:

    A) Guardar os buds em um recipiente hermeticamente fechado e opaco, preferencialmente aqueles vidros com tampas vedadas com borracha.. como os vidros são translúcidos devem colocar os frascos em uma caixa de papelão ou armário fechado, sem luz..
    É importante que o vidro fique cheio até acima da metade, somente e com os buds soltinhos.. pois assim teremos um pouco de oxigênio necessário para a cura..
    Buds que ficam expostos à luz poderão acabar por desenvolver microorganismos (mofos) que acabarão por estragar o produto final.. Se vocês deixarem eles com oxigênio à vontade eles acabarão por envelhecer, oxidando todos os componentes psicoativos.. Se bem que um pouco de oxigênio é necessário para a cura.. A temperatura ideal é de 20ºC a 25ºC..

    B ) Uma vez por semana deve-se abrir o frasco por 10 a 15 minutos e dar uma "mexidinha nos buds" e fechar de novo.. Isso é importante para renovar o ar e contribuir para a quebra da clorofila. Embora na primeira semana por percaução da humidade deve abrir os frascos todos os dias durante 10 minutos pelo menos..


    C) Caixas de papelão não são indicadas pois elas renovam muito o ar... Caixas de madeira, desde que bem fechadas e que a tampa feche bem são boas, mas neste caso encha a caixa de buds (assim teremos menos espaço para o ar, para compensar a renovação pela porosidade da madeira..) e a abra a cada 10 dias...

    Quando chegar ao ponto, geralmente após umas 6 ou 7 semanas guarde a erva em pequenos frascos herméticamente fechados e opacos e não os abra mais , mantendo-os num local fresco, seco e sem luz. Se deixarem a erva em contacto com o ar ela vai continuar a oxidar todo o THC e cada vez mais perdendo potência ...
    Congelar não é uma boa opção - apesar de diminuir a velocidade da degradação dos canabinóides - pois acaba por desidratar o fumo, danificando as moléculas que dão o aroma e sabor...

    O fumo velho é aquele q o THC já virou CDB e o CDB já se decompos...embora mais lentamente que o THC (note que a essa altura o THCA já foi transformado todo em THC..)


    Independente do que aqui diz, tudo é a escolha do cultivador, assim como as genéticas das plantas e condições ambientais mas em geral é isto..

    Textos retirados de vários blogs brasileiros e portugueses de cultivo de cannábis , adaptados num único tutorial e corrigidos por mim, espero que gostem e que ajude a retirar muitas dúvidas aqueles que esta fase do cultivo ainda faz muita confusão ou para iniciantes neste hobby especial

    Bons cultivos e boas colheitas


    PS: Algum moderador que mova depois o Tópic para genética e fotografia, só depois vi que coloquei na secção de cozinha e parafermália
    Última edición por Ganjaman101; 12/04/2016 a las 18:18

  2. Los siguientes 7 Usuarios dan las gracias a Ganjaman101 por este Post:

    1000k (12/04/2016), Goiano (26/03/2017), High THC (13/04/2016), Nativu (31/01/2017), Oizo10 (13/04/2016), pedro_carnei (12/04/2016), Tozeca (12/04/2016)

  3. #2
    Fecha de Ingreso
    27 feb, 16
    Mensajes
    180
    Gracias
    266
    168 gracias recibidas en 86 Posts
    Mencionado
    4 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    37 Mensaje(s)

    Re: Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

    Muito bom, mesmo quando é informação que já sabemos é sempre bom relembrar e ver artigos como este.

    Grande abraço

  4. El siguiente Usuario da las gracias a High THC por este Post:

    Ganjaman101 (13/04/2016)

  5. #3
    Fecha de Ingreso
    27 abr, 12
    Ubicación
    De outro planeta
    Mensajes
    3,019
    Gracias
    3,614
    5,181 gracias recibidas en 2,282 Posts
    Mencionado
    392 Mensaje(s)
    Etiquetado
    3 Tema(s)
    Citado
    1196 Mensaje(s)

    Re: Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

    Já foi movido e incluído na FAQ.


  6. El siguiente Usuario da las gracias a ahpoixeh por este Post:

    High THC (11/05/2016)

  7. #4
    Fecha de Ingreso
    27 feb, 16
    Mensajes
    180
    Gracias
    266
    168 gracias recibidas en 86 Posts
    Mencionado
    4 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    37 Mensaje(s)

    Re: Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

    Alguém me pode dizer qual é o "prazo de validade" de uma erva guarda num frasco hermeticamente fechado?

  8. #5
    Fecha de Ingreso
    03 mar, 12
    Ubicación
    Amazónia Cannabica
    Mensajes
    1,619
    Gracias
    1,655
    2,182 gracias recibidas en 980 Posts
    Mencionado
    79 Mensaje(s)
    Etiquetado
    2 Tema(s)
    Citado
    339 Mensaje(s)

    Re: Tutorial - Colheita, Manicure, Secagem e Cura

    Para armazenar a erva, convém ser num local seco e fresco e o melhor mesmo para a armazenar é com os frascos ThigVac ou com aqueles sacos e aparelhos que fecham a vácuo. .
    Em boas condições a erva dura-te de 6 a 12 meses em ótimo estado , a partir daí só se meteres no frigorífico ou no congelador o que não é muito aconselhável ..

  9. El siguiente Usuario da las gracias a Ganjaman101 por este Post:

    High THC (11/05/2016)

+ Responder Tema

Usuarios Etiquetados

Permisos de Publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes