+ Responder Tema
Página 2 de 3 PrimerPrimer 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 16 al 30 de 32

Tema: Cultivo Extremo - por Luis Hidalgo

  1. #16
    Fecha de Ingreso
    24 sep, 06
    Ubicación
    Terra do Sen. Vergueiro
    Mensajes
    75
    Gracias
    0
    8 gracias recibidas en 3 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    CULTIVO EXTREMO VIII

    Chega o momento. Nossos esforços vão ser recompensados em breve em forma de resinosos camarões. Vamos tentar que as plantas também realizem um último esforço para que nos dêem o máximo do que levam dentro, levando-as até o limite de sua resistência.

    Por Luis Hidalgo

    Por fim entramos na última etapa, na que os camarões maduram e engordam. Nossas plantas passaram por todo tipo de condições extremas, calor, pouca umidade, altos ventos, pragas etc.

    Ao observá-las, vemos claramente que seu aspecto não é o mesmo que se tivessem sido cultivadas num ambiente mais agradável. Sua estética geral piora por todo o estresse sofrido. No entanto, só faltam 10 a 20 dias para sua colheita, com o que realmente, não deveríamos ter maiores problemas para superar esta última fase. Realmente, só devemos manter umas condições semelhantes às da etapa anterior, com alguns matizes que mais adiante veremos.

    Também poderemos apreciar claramente e a olho nú, em contraposição com sua estética, a aparição de tricomas tipo "stalked" (com bolinhas) a partir deste momento já não é só nas brácteas, como também em grande parte das folhas próximas às sumidades florais bem como na base e zonas adjacentes do talo, coisa pouco freqüente utilizando métodos mas tradicionais a estas alturas do cultivo. A partir daqui, a geração de tricomas será incontrolável, mesmo que a planta se encontre ou tenha se encontrado em estados próximos à morte, ou acuse carências ou qualquer pormenor.

    Nestes últimos dias vamos nos centrar na queda radical da umidade, sobretudo da terra, baixando temperatura, jogando com a altura do foco. Também deveremos estar muito atenciosos ao estado dos tricomas, bem como ao controle diário de pragas, sobretudo se temos aranha vermelha.

    Por outro lado, reduziremos mais uma vez as horas de luz, com o objeto de acelerar ainda mais o processo, aplicando um par de técnicas "especiais" que permitirão subir a produção, equilibrando as perdas devido ao estresse continuado.

    Em definitivo, se conseguirmos conjugar adequadamente estes fatores e colhermos no momento adequado, teremos obtido um rendimento médio com altíssima potência nos meses estivais, ou então em zonas geográficas que, por suas características, mantêm temperaturas ambiente altas ao longo da maioria do ano normalmente impedindo o cultivo em interior.

    É de rigor comentar que também ao longo de todo este processo, é possível que se tenham sofrido algumas baixas, ou que algum espécime tenha ficado "tocado" ao não suportar as condições extremas às que foram submetidos. O cannabicultor deverá pesar se o esforço a realizar se compensa com o fato de poder consumir HERVA de altíssima potência em Julho, Agosto e Setembro. Meses em que muitos cannabicultores, inclusive de exterior, esgotaram suas reservas.

    Regas

    Como se comentou anteriormente, a partir de agora deveremos "esticar" ao máximo o espaço entre as regas. Faz-se imprescindível a "rega lenta", devido a que o substrato começa a esgotar-se ocupado pelo sistema radicular, e que o pouco que fica se seca de forma extrema. Por isto, devemos regar muito próximo ao vaso e com um fluxo baixo de água, com objeto de evitar "buracos" no substrato e de cuidar os finíssimos "pelinhos" radiculares de última geração, que são muito delicados e mais ainda nas condições de alta temperatura à que se viram submetidos. Se regarmos sem cuidado do alto e a jorros, prejudicaremos a planta de forma notável, além de perder toda o água pela drenagem arrastando os poucos nutrientes que ela conserva.

    Daremos muita atenção ao momento da rega, já que como se explicou no número anterior, as plantas agüentam muito pouco desde o momento em que entram em estado de flacidez, contando ademais com o fato de que pode ser difícil detectar visualmente este estado, devido a que o aspecto geral da planta (falta de folhas, talos macios etc.) pode nos enganar ou nos fazer pensar que "parece igual a ontem" quando realmente agora sim está precisando de água. Uma vez mais, recomenda-se sentir o peso do vaso e observar atentamente o estado dos pecíolos, para ver se mostram uma "moleza" incomum.

    Portanto, depois de um rego inicial suave, esperaremos uns minutos até comprovar que o substrato se umedece "inchando". Neste ponto, daremos outras duas passadas, sempre de forma suave e controlando se começa a drenar, momento no que devemos parar esperar uma meia hora e dar uma última passada para saturar o substrato. Ao sentir de novo o peso do vaso, ele deveria ter aumentado de forma claramente apreciável. Este peso nos servirá de referência para regas futuras.

    A água deveria estar numa faixa de temperatura de 20ºC a 25ºC para evitar ?choques? no sistema. Também é recomendável ajustar o pH um par de decimais abaixo do habitual.

    Em caso de estar utilizando substratos com polímeros, poderemos espaçar ainda mais as regas, tendo em vista que devemos deixar que eles descarreguem bem antes de voltar a regar.

    Por último, é interessante calcular a última rega para 3 ou 5 dias antes de colher, de maneira que no momento de cortar, a planta se encontre o menos inchada possível, acelerando a maturação final e o posterior secagem.

    A Luz

    Este é um ponto a variar desde a etapa anterior. A partir daqui, a intensidade da luz não é tão crítica, exceto talvez em algumas variedades sativas puras que precisam de alta luminosidade. De qualquer forma, estas variedades não são precisamente as ideais para Cultivo Extremo, e sim para realizar ScrOGs com condições ambientais mais normais.

    O primeiro que vamos fazer é continuar com a redução de horas de luz, à razão de incrementar cinco minutos mais ao tempo de escuridão por dia, até chegar às quinze horas de escuridão. Os motivos disto já foram bem explicados em entregas anteriores. Uma vez mais, fazer notar o fato de que nem todas as variedades são susceptíveis a aceitar adequadamente este tratamento, sobretudo algumas índicas puras, que terão sua produção diminuída. Nestes casos, pode-se manter o fotoperiodo em 11/13 ou 10/14 até o final do ciclo.

    Vamos subir os focos uns 10 a 15 cm, respeitando as distâncias que vínhamos utilizando. Desta maneira, reduzimos um par de graus (ºC) nas pontas, ao mesmo tempo em que a maior altura do foco permite uma partilha de luz mas uniforme, chegando melhor às partes baixas, ainda que com menor intensidade.

    Se na fase anterior aplicamos a técnica de "pontas queimadas", que consiste em deixar queimar-se um pouco a ponta ou pontas apicais por proximidade à lâmpada, veremos como o camarão principal, o "queimado", começa a produzir flores de forma indiscriminada, podendo chegar a subir um terço seu tamanho/produção. É uma técnica derivada de alguma forma da poda FIM, mas neste caso se aplica em floração e o mais importante, SEMPRE se acerta e só há um par de dias de pausa e só na ponta queimada, enquanto o resto da planta continua seu desenvolvimento normal.

    A outra técnica a aplicar para subir produção, é a simulação de uma "lua cheia" ao longo desta última etapa. Isto é muito singelo. Depois de uns 5 a 10 dias (dependendo da variedade), a contar a partir de quando vemos que começa a frear a produção floral, daremos uma sessão de 48 horas de luz continuadas, que é aproximadamente o efeito que produz a lua cheia ao refletir a luz do sol em exterior. O ideal é, se dispõe de luzes ultravioleta ou de luz negra (estas também emitem uma percentagem de raios UVA), acender estas no período de escuridão, mantendo apagada a luz principal. Em caso de não dispor delas, deveremos manter a luz principal acendida as 48 horas, tomando a precaução de subir sensivelmente o foco durante as horas que corresponderiam a escuridão.

    Com a aplicação destas duas técnicas, que se podem usar perfeitamente em cultivo tradicional com resultados espetaculares, ganharemos esses pontos de produção perdidos por causa do estresse.

    Quando Colher

    Este é o momento que todos esperamos. Realmente, é difícil especificar um momento concreto para cortar, entre outras coisas, porque entra em jogo o gosto do cannabicultor no ajuste do efeito psicoativo. É sabido por todos o fato de que colher antes do tempo produz efeitos mais estimulantes, enquanto uma colheita tardia a faz mais narcótica.

    Como método regular, a melhor forma é observar com uma lupa de 50 ou melhor 100 aumentos o estado e cor dos tricomas. O sistema de observar a maturação dos pistilos é completamente inútil no Cultivo Extremo, devido à rápida degradação destes sem que necessariamente se tenha chegado ao ponto ótimo de quantidade e qualidade de resina.

    Os tricomas têm três tons, transparente, leitoso e âmbar. Também a longitude e forma do palito que segura a cabeça do tricoma é um bom indicador. Convém localizar e marcar duas ou três zonas em cada planta que serão as que observaremos cada dia. Estas zonas podem ser: camarões principais, zona média e baixa. É interessante controlar também os tricomas das pequenas folhas adjacentes às sumidades florais, bem como pecíolos e folíolos de folhas principais.

    Não vamos dar uma fórmula concreta, explicaremos o significado das mudanças de cor e forma, para que o cannabicultor possa estimar o momento segundo suas preferências pessoais.

    Os tricomas transparentes com base longa mais reta são ricos em THCA. Isto provoca um efeito mais estimulante, mas precisam perder sua forma ácida mediante a aplicação de calor e/ou uma cura perfeita para manifestar sua potencialidade. Também existe perda de aromas, devido a que os agentes aromáticos, terpenos, sesquiterpenos e outros ainda não se desenvolveram adequadamente. Quando sua base deixa de ser reta e se começa a curvar e a afinar para a ponta, o conteúdo de THC (sem a parte ácida) é maior.

    Se a colheita for atrasada, os tricomas começarão a tomar coloração âmbar e/ou leitosa ou opaco. Quando são de cor âmbar, o tricoma contém todos seus agentes aromáticos e o THC se degrada a CBD, provocando um efeito mais narcótico.

    Por último, os tricomas leitosos contêm quantidade de CBDA, fato que provoca a aparição de CBN uma vez cortada a planta. A função do Cannabinol parece ser a de regulador na interação THC / CBD , ainda que ainda há muito por pesquisar neste campo.

    Em Resumo
    ? Espaçar as regas ao máximo;
    ? Baixar temperatura subindo os focos;
    ? Aumentar as horas de escuridão;
    ? Aplicar ?pontas queimadas? e efeito "lua cheia" para subir produção;
    ? Controlar estado dos tricomas para colher no momento ótimo.


    Com isto, damos por finalizada esta série de artigos, com a esperança de que os cannabicultores que nos lêem possam desfrutar da HERVA mais potente quando mais difícil parece. A partir do próximo número, começará um monográfico sobre as diferentes formas de cultivar em interior para conseguir objetivos concretos como produção, aromas etc
    Até então, a desfrutar de vossa maria Extrema.

    Luis Hidalgo
    Última edición por Verdim; 09/01/2007 a las 20:28

  2. Los siguientes 4 Usuarios dan las gracias a Pintolico por este Post:

    bolatora (12/09/2013), Chuin (28/07/2010), Jim*Morrison (29/04/2010), Seiqnadasei (02/09/2012)

  3. #17
    Fecha de Ingreso
    27 jul, 06
    Ubicación
    Straupelópolis...
    Mensajes
    286
    Gracias
    0
    51 gracias recibidas en 35 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    ...Verdim, contamos com vc para organizar este thread, o que buscávamos está aí, agora é só lerem bastante e PRINCIPALMENTE colocarem a mão na massa... Alguém aí já experimentou cultivar ao EXTREMO?

    Abrax a todos...
    My Hidroponic Indoor. Jack Herer - Amethyst Bud - White Widow

  4. #18
    Fecha de Ingreso
    14 sep, 06
    Mensajes
    707
    Gracias
    0
    7 gracias recibidas en 6 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    Eu usei todas as tecnicas q dava para eu usar anthrax, e isso ae eh comprovado, o cara lah do nirvana q falava para regar bastante na flora, q agua eh = resina eu nao concordo, tenho um amigo que rega em excesso e nem resinou, claro q era prensado e nao tem como saber, mas no meu primeiro cultivo de prensado usei o calor, diminui a humidade e aumentei o espaço entre as regas e resinou muito, nem parecia ser prensado. Como o vaso era gigante dava para ficar 15 dias sem agua. E colhi seco, demorou soh uma semana de secagem e gostei muito do resultado.
    Obrigado agricultos, esse era o meu topico preferido.
    Eh comprido, mas vou reler e ver o q posso usar em OUT, pq ele eh mais aplicavel para IN onde tem maior controle de humidade, ventilaçao, mas nas regas vou espaçar de novo, q esse negocio de regar muito na flora nao tah com nada.
    Última edición por fumaça; 09/01/2007 a las 03:13

  5. #19
    Fecha de Ingreso
    22 dic, 06
    Mensajes
    27
    Gracias
    0
    7 gracias recibidas en 4 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    Olha, Boa noite.

    E so pra dicer k stou no touch con o Lui, e o man diz que esta disponivel (no posibel) pra as duvidas

    O man ficou realmente imperessionado pela sua capacidade pra o trabalho, e diz que vai passar mais info do que ten publicado.

    A cena e que o gajo parece mesmo abrrecido da cena en espanhol e prefere pssar-os os textos pra q sejan publicados mesmo em portugues, mais nunca en castelhano sem a sua autirizaçao.

    Entao, vai la com força, boas maconhas e melhores pedras na chola men

  6. El siguiente Usuario da las gracias a nadieloes por este Post:

    Verdim (09/07/2011)

  7. #20
    Fecha de Ingreso
    24 nov, 06
    Ubicación
    Babilônia, que mistura Erva Santa, com A
    Mensajes
    270
    Gracias
    1
    290 gracias recibidas en 91 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    1 Mensaje(s)

    Thumbs up Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    Hola nadieloes, ¿todo bueno con usted?

    De parte de todos los amigos brasileños, me gustaría emplear su proximidad a Lui, a fin de agradecer dos veces:

    El primero, por haber aprobado la traducción de su trabajo;

    La segunda felicitación es para el trabajo excelente que el hizo. Es mucho inspirador e permite conocer cada vez mejor nuestras amadas plantititas.

    En caso de que tiene otras obras que él apeteceria que tradujimos, pueden enviarnos, que tendremos mucho gusto in hacerlo.

    Saludos a todos e abrazos brasileños


  8. #21
    Fecha de Ingreso
    22 dic, 06
    Mensajes
    27
    Gracias
    0
    7 gracias recibidas en 4 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    ta fixe
    muito obrigado a voçes, verdim, anthrax, piccolino, gabe, fumaça, loko, xango, caralho (quem e este??? ) , e a gente tuda k participo na cena.

    poden asegurar k vai receber mais, mais...

    o man ta dizer k akel trabalhao tem de ter alguma retribution, pelo k estra disponibel dentro do possivel en tempo nos cuartos de brasil e portgal pra ressolva de duvidas, etc...

    vai la, e escreban en portugues, fodas, o man percebe... haw haw

  9. #22
    Fecha de Ingreso
    03 feb, 05
    Ubicación
    Brasil
    Mensajes
    2,033
    Gracias
    1,143
    3,633 gracias recibidas en 865 Posts
    Mencionado
    125 Mensaje(s)
    Etiquetado
    81 Tema(s)
    Citado
    68 Mensaje(s)

    Thumbs up Re: Cultivo Extremo (traduçao)

    ja recebi
    e se chama "Cultivo Aromatico" ON LINE

    nadieloes...sem palavras mano...

    vou trabalhar em cima logo mais edito esse mesmo post
    traduzir do espanhol para o portugues é a maior baba rs
    facil pra caralho.....

    nós é que agradecemos ao man diga a ele que as contribuições dele para com a comunidade é imensa, e o agradecimento se deve justamente ao fato dele transmitir isso tudo a nos, seus alunos.


    xango?
    nao é um user....é uma entidade, mas ele nao acredita nisso


    grande abrazo
    Última edición por Verdim; 10/01/2007 a las 13:56
    [COLOR=#fafafa !important]

  10. Los siguientes 3 Usuarios dan las gracias a Verdim por este Post:

    Jim*Morrison (29/04/2010), mallandro (28/08/2011), Thulle (29/04/2010)

  11. #23
    Fecha de Ingreso
    24 sep, 06
    Ubicación
    Terra do Sen. Vergueiro
    Mensajes
    75
    Gracias
    0
    8 gracias recibidas en 3 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo - by Lui

    Precisando de voluntários pra traduzir..... estamos aí!!!!

  12. #24
    Fecha de Ingreso
    14 sep, 06
    Mensajes
    707
    Gracias
    0
    7 gracias recibidas en 6 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo - by Lui

    Agora q lembrei q consegui deixar o espaçamento entre as regas em mais de 15 dias, quinze dias e ela ainda nao pedia agua, dava para deixar mais, mas eu regava afinal 15 dias achava muito, mas vale lembrar q era um vaso gigantesco, o loco eh q estimula as raizes a irem buscar agua, a planta resino q eh uma beleza pessoal no meu topico desacreditava q era prensado em lampada compacta, mas a produçao nao foi tao grande neh, compacta.
    Agora lembro meu atual cultivo onde o cara nao para de regar, a raiz ficou atrofiada e nao resinou nada.

  13. #25
    Fecha de Ingreso
    05 feb, 07
    Mensajes
    3
    Gracias
    0
    0 gracias recibidas en 0 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo - by Lui

    Isto é ciência pura!! Parabéns ao Lui e obrigado aos tradutores!

  14. #26
    Fecha de Ingreso
    03 feb, 05
    Ubicación
    Brasil
    Mensajes
    2,033
    Gracias
    1,143
    3,633 gracias recibidas en 865 Posts
    Mencionado
    125 Mensaje(s)
    Etiquetado
    81 Tema(s)
    Citado
    68 Mensaje(s)

    Re: Cultivo Extremo -por Luis Hidalgo

    galera nao ve mais os posts do cultivo em brasil por conta do default do site q esconde qdo nao respondida em 30 dias
    up entao....

  15. #27
    Fecha de Ingreso
    06 sep, 09
    Ubicación
    Caí da espaçonave.
    Mensajes
    1,643
    Gracias
    4,092
    6,732 gracias recibidas en 1,517 Posts
    Mencionado
    202 Mensaje(s)
    Etiquetado
    44 Tema(s)
    Citado
    254 Mensaje(s)

    Respuesta: Cultivo Extremo -por Luis Hidalgo

    Valeu Verdin,
    sem palavras para agradecer.

  16. El siguiente Usuario da las gracias a Thulle por este Post:

    Jim*Morrison (27/01/2011)

  17. #28
    Fecha de Ingreso
    10 nov, 09
    Ubicación
    BRASIL
    Mensajes
    4,243
    Gracias
    23,998
    16,173 gracias recibidas en 3,534 Posts
    Mencionado
    182 Mensaje(s)
    Etiquetado
    97 Tema(s)
    Citado
    216 Mensaje(s)

    Respuesta: Cultivo Extremo -por Luis Hidalgo

    hauhaauauhuaa, enfim, quase dois anos depois o THulle agradeceu, huahuahauauha, to brincando man, é que é massa quando a gente sobe um post que ta la traz, foi uma otima subir esse porque é do caralho mesmo !

  18. #29
    Fecha de Ingreso
    15 ene, 10
    Mensajes
    345
    Gracias
    85
    273 gracias recibidas en 135 Posts
    Mencionado
    1 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    1 Mensaje(s)

    Respuesta: Cultivo Extremo -por Luis Hidalgo

    Cita Iniciado por Jim*Morrison Ver Mensaje
    hauhaauauhuaa, enfim, quase dois anos depois o THulle agradeceu, huahuahauauha, to brincando man, é que é massa quando a gente sobe um post que ta la traz, foi uma otima subir esse porque é do caralho mesmo !
    HAUIAHaiuhaiUAHaiuHAIUAHAIUAHIUAHaiuhAIUAhi

    Antes tarde do que nunca eu creio!
    Mas a parada é real demais!!! Imagina fazer um filme disso! Um dos melhores artigos que eu já lí ! Artigo de colecionador, livro de cabeceira. Vencedor de Oscar! Nobel da paz.
    Construção do Grow - A Jornada
    Pré-Grow - O Treinamento
    1º Grow - O Início

  19. El siguiente Usuario da las gracias a MadBuD por este Post:

    Jim*Morrison (27/01/2011)

  20. #30
    Fecha de Ingreso
    03 feb, 05
    Ubicación
    Brasil
    Mensajes
    2,033
    Gracias
    1,143
    3,633 gracias recibidas en 865 Posts
    Mencionado
    125 Mensaje(s)
    Etiquetado
    81 Tema(s)
    Citado
    68 Mensaje(s)

    Respuesta: Cultivo Extremo -por Luis Hidalgo

    uaauhau
    boa!!

    e eu fico felizão né, se não deixam publicar no Br a gente da um jeito...
    e viva a internet, dificil viver sem ela diria ate impossivel nos dias de hoje


    mas alias porem contudo esta rolando mais uma (materia) do Lui
    eu é que por falta de tempo não tenho dado
    andamento as traduções
    mas ja colou um colaborador por la e quem se sentir no pique de , fica avonts
    o board e seu conteudo é Nosso


    e coloquem la nas opções:

    mostrar todos los temas


    abs
    [COLOR=#fafafa !important]

  21. El siguiente Usuario da las gracias a Verdim por este Post:

    Jim*Morrison (27/01/2011)

+ Responder Tema
Página 2 de 3 PrimerPrimer 123 ÚltimoÚltimo

Temas Similares

  1. La Marihuana es el mayor cultivo en USA..
    Por lewosky en el foro Gabinete de prensa
    Respuestas: 1
    Último Mensaje: 25/12/2006, 03:18
  2. Lui, preguntas sobre cultivo extremo
    Por theredmorsilla en el foro Cultivo en interior
    Respuestas: 7
    Último Mensaje: 12/11/2003, 16:12
  3. Venta de productos para cultivo
    Por pepiniki en el foro Jurisprudencia y legalidad
    Respuestas: 3
    Último Mensaje: 04/12/2002, 20:56

Usuarios Etiquetados

Permisos de Publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes