+ Responder Tema
Página 2 de 2 PrimerPrimer 12
Resultados 16 al 20 de 20

Tema: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

  1. #16
    Fecha de Ingreso
    03 Feb, 05
    Ubicación
    Brasil
    Mensajes
    2,033
    Gracias
    1,143
    3,633 gracias recibidas en 865 Posts
    Mencionado
    125 Mensaje(s)
    Etiquetado
    81 Tema(s)
    Citado
    68 Mensaje(s)

    Re: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

    massa mesmo eim
    compostagem se nao precisa mais de poha nenhumase souber manipula-la
    nem pra vega nem pra flora

    o macaco é mestre nisso, mas ai é hereditario
    pexe morto sera bud fumavel
    [COLOR=#fafafa !important]

  2. Los siguientes 3 Usuarios dan las gracias a Verdim por este Post:

    Mirabeck (23/05/2012), Portugues (21/11/2012), Thulle (04/01/2013)

  3. #17
    Fecha de Ingreso
    18 Nov, 12
    Ubicación
    Aveiro
    Mensajes
    44
    Gracias
    172
    155 gracias recibidas en 43 Posts
    Mencionado
    11 Mensaje(s)
    Etiquetado
    15 Tema(s)
    Citado
    10 Mensaje(s)

    Post Re: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

    A HISTÓRIA DOS FERTILIZANTES ORGANOMINERAIS NO BRASIL.

    Com o intuito de somar informações a esta vasta biblioteca, estava pesquisando sobre fertilizantes organominerais, já que se trata de um assunto de grande interesse a todos os Cannacultores. Devido ao altíssimo custo dos fertilizantes organominerais Importados, deveríamos tentar criar um banco e dados com produtos Nacionais. Este artigo, que gostaria de compartilhar com os senhores, não é de minha autoria, os créditos devem ser concedidos ao professor Sr Dr. Edmar José Kiehl, Professor Universitário aposentado da Esalq/ USP

    Peço desculpas aoss moderadores se o local de postagem foi inapropriado.


    FERTILIZANTES ORGANOMINERAIS UMA HISTÓRIA


    Nos meus 93 anos de idade, quero relatar a história dos fertilizantes organominerais, categoria criada pelos próprios fabricantes de fertilizantes orgânicos. Os produtores de adubos orgânicos criaram uma entidade denominada Associação Brasileira de Fertilizantes Orgânicos (Abifor), atualmente Abisolo.
    Como seu consultor técnico, instruía os associados, informando-os de que o adubo orgânico tem baixos teores dos nutrientes NPK, e que eles deveriam acrescentar ao seu adubo orgânico pequenas quantidades de fertilizantes minerais contendo nitrogênio ou fósforo ou potássio, conforme a cultura às quais eles seriam destinados.Esses associados se reuniam uma vez por ano no Estado do Paraná e lá relatavam os sucessos obtidos com essa nova iniciativa. Diziam eles que, aos poucos, foram aumentando a quantidade de fertilizante mineral até que, por fim, acabaram fazendo misturas com igual proporção de adubo orgânico e fertilizante mineral, com imenso sucesso, a ponto de meus clientes só quererem a nova modalidade de insumo agrícola. Estava assim criada uma nova categoria denominada fertilizante organomineral.A visão técnica

    A legislação brasileira exige que as fórmulas de organominerais tenham, no mínimo, 50% de adubo orgânico; se o produtor empregar fertilizantes minerais mais concentrados, o produto comercial pode conter mais de 500 kg por tonelada. Essa matéria orgânica humificada funciona comprovadamente como condicionadora dos fertilizantes minerais.A superfície específica dos componentes do adubo orgânico é definida como sendo a soma ou o total de cada uma de suas partículas por unidade de massa. Um único grama de húmus tem uma superfície de exposição de suas minúsculas micelas que, somadas, dão em média 700 metros quadrados. Quanto maior a superfície de exposição do colóide húmus, maior será sua capacidade de reter nutrientes e cedê-los às plantas. Considerando-se que uma tonelada de organomineral contenha 150 kg de húmus e que a superfície do húmus é de 700 m2 por grama, a superfície de exposição dessa tonelada de fertilizante organomineral será de 105 milhões de metros quadrados, igual a uma gleba de terra medindo 10 km por 10,5 km. Esta é uma explicação técnica de como o fertilizante orgânico do organomineral, quando misturado com fertilizante mineral, funciona como seu melhorador (condicionador), aumentando a eficiência em fornecer nutrientes aos vegetais.
    Foram muitos os técnicos que realizando experimentação agrícola empregando fertilizantes minerais misturados com fertilizantes orgânicos acabaram observando a influência destes últimos no aumento da produção, graças à ação do húmus no melhor aproveitamento dos nutrientes minerais. Assim, por exemplo, em 15 experimentos do Instituto Agronômico de Campinas, realizados em nove municípios, foi observado, com surpresa, que o efeito da torta de mamona forneceu um mínimo de nutrientes, 10 kg, 4 kg e 2 kg de N-P-K por hectare, respectivamente, quantidade muito pequena para os efeitos obtidos. O autor do experimento comprovou que a torta de mamona associada a fertilizantes minerais teve um efeito além da “irrisória” (sic) contribuição em NPK que ela forneceu, em relação à fórmula mineral empregada. Este e os demais experimentos forneceram a criação de uma palavra que faltava para indicar a função da fração orgânica sobre os nutrientes minerais: potencialização do aproveitamento desses nutrientes. Esse autor finaliza seu trabalho concluindo textualmente: “O acréscimo de produção devido à aplicação de torta de mamona (4 kg por hectare de P2O5) foi correspondente à aplicação de 60 kg por hectare de P2O5 na forma mineral. O aumento de produção devido à aplicação de 2 kg de torta de mamona superou em quase o dobro o acréscimo de 50 kg de K2O na forma mineral.”Os trabalhos científicos

    Em 1982, uma comissão da Abifor foi ao Ministério da Agricultura e conseguiu a inclusão dessa nova categoria, fertilizante organomineral, na legislação brasileira. Mas o problema ainda perdurou por algum tempo, pois, toda vez que era pedido um empréstimo bancário, o engenheiro agrônomo do banco se negava a emprestar o dinheiro por não conhecer e nem encontrar uma bibliografia a respeito da categoria fertilizante organomineral que o agricultor desejava adquirir.Esse fato obrigou-me a fazer uma pesquisa e acabar escrevendo um livro com o título Fertilizantes Organominerais. Nele, estavam descritos experimentos com organomineral em culturas de alface, algodão, batata, café, cana-de-açúcar, cenoura, coqueiro, eucalipto, feijão, milho e trigo, todos com ótimos resultados.O livro explica como o fato de se juntar partes iguais de adubo orgânico e de mineral concorria para um aumento do aproveitamento dos nutrientes pelas culturas assim adubadas. Os experimentos agrícolas realizados por institutos de pesquisas e escolas de agronomia demonstravam o inegável efeito da associação dos fertilizantes minerais com os orgânicos. Experimentos realizados na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, USP, durante dez anos consecutivos, na adubação do cafeeiro, demonstraram que a associação da adubação orgânica com a mineral foi sempre igual a mineral ou superior à ausência de adubação.Outro experimento mais longo ainda, por 55 anos consecutivos, realizado na Inglaterra, com a cultura do trigo adubada apenas com esterco e com fertilizante mineral e, apenas com fertilizante organomineral formado pela mistura dos dois anteriores, demonstrou que os tratamentos adubados sempre foram superiores à testemunha, indicando que o solo necessitava de adubação e que a associação do fertilizante mineral com o orgânico (organomineral) nesse período nunca foi superada, quer pela adubação orgânica, quer pela mineral, aplicadas isoladamente.Consultando a bibliografia estrangeira sobre misturas de fertilizantes minerais com orgânicos, encontramos que, na França, Chaminade fez um experimento de laboratório para estudar o efeito da neutralização pela água-de-cal em uma mistura de ácido húmico e fosfato monocálcico (superfosfato triplo). Cinco recipientes contendo fosfato monocálcico receberam doses crescentes de água-de-cal com húmus, sendo em seguida os líquidos centrifugados e dosado o teor de P2O5 . O experimento demonstrou que na ausência do húmus houve intensa precipitação do fosfato monocálcico o que não ocorreu na presença do húmus.O húmus do adubo orgânico tem a propriedade de adsorver eletrostaticamente, pelo fenômeno denominado capacidade de troca catiônica – CTC, os cátions potássio, cálcio, magnésio, manganês, ferro, cobre, zinco, amônio e até o sódio, cedendo-os posteriormente às raízes das plantas. A adsorção é um fenômeno físico-químico e não deve ser confundido com a absorção, que é um efeito físico como a fixação de uma substância líquida ou gasosa no interior de outra, geralmente sólida. Os cátions adsorvidos pelo húmus do fertilizante organomineral são menos lavados pela água da chuva que atravessa o perfil do solo.Conclusão

    Não devemos ser radicais, decidindo adubar as terras de cultura exclusivamente com fertilizantes minerais ou empregando apenas os orgânicos. A solução é a adoção do fertilizante organomineral, economizando-se em quantidade os fertilizantes minerais, por terem os organominerais fórmulas com menor concentração de NPK e serem fabricados em associação com o fertilizante orgânico, o qual tem a propriedade de potencializar os efeitos dos nutrientes minerais postos à disposição das raízes das plantas.

  4. Los siguientes 2 Usuarios dan las gracias a Portugues por este Post:

    Harvest*Time (20/01/2013), Thulle (04/01/2013)

  5. #18
    Fecha de Ingreso
    28 Jun, 08
    Mensajes
    123
    Gracias
    176
    280 gracias recibidas en 103 Posts
    Mencionado
    12 Mensaje(s)
    Etiquetado
    1 Tema(s)
    Citado
    38 Mensaje(s)

    Re: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

    Pra flora, no mercado, tem o Fosway que tem fósforo e potássio, e eu aconselho, consegui bons resultados já com esse fertilizante.

  6. #19
    Fecha de Ingreso
    06 Sep, 09
    Ubicación
    Caí da espaçonave.
    Mensajes
    1,642
    Gracias
    4,091
    6,731 gracias recibidas en 1,517 Posts
    Mencionado
    202 Mensaje(s)
    Etiquetado
    44 Tema(s)
    Citado
    254 Mensaje(s)

    Re: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

    Bom dia turma,

    Português achei interessante o post que você mandou por último, mais ainda a parte da conclusão, eu ando fazendo isso, coloco tudo orgânico, mas durante o cultivo especialmente a flora vou lá e meto um fert organo mineral e dá tudo certinho.

    Obrigado.

    Gosto Muito

  7. El siguiente Usuario da las gracias a Thulle por este Post:

    Portugues (13/01/2013)

  8. #20
    Fecha de Ingreso
    26 Nov, 08
    Mensajes
    243
    Gracias
    0
    8 gracias recibidas en 8 Posts
    Mencionado
    0 Mensaje(s)
    Etiquetado
    0 Tema(s)
    Citado
    0 Mensaje(s)

    Re: Fertilizantes Orgânicos & Organominerais Disponíveis No Mercado

    boa noite maconheiros, falando em fert procurando pela internet achei no mercado livre essa boa. http://produto.mercadolivre.com.br/M...u-bio-grow-_JM compartilhando vamos longe...... vamo q vamo

+ Responder Tema
Página 2 de 2 PrimerPrimer 12

Temas Similares

  1. El mercado de "paco" en el Cono Sur
    Por Freaky en el foro Gabinete de prensa
    Respuestas: 0
    Último Mensaje: 06/10/2006, 22:26 PM
  2. Internet y el redescubrimiento del procomún
    Por Beztia666 en el foro Todo "se" vale
    Respuestas: 1
    Último Mensaje: 18/07/2005, 17:56 PM
  3. Respuestas: 0
    Último Mensaje: 28/04/2005, 11:25 AM
  4. El futuro de las drogas [artículo de EC]
    Por Unreflushered en el foro Activismo General
    Respuestas: 7
    Último Mensaje: 19/02/2005, 09:38 AM
  5. Bioleaf ¿abonos orgánicos?
    Por BUITRE en el foro Cultivo en exterior
    Respuestas: 2
    Último Mensaje: 24/07/2002, 21:28 PM

Usuarios Etiquetados

Permisos de Publicación

  • No puedes crear nuevos temas
  • No puedes responder temas
  • No puedes subir archivos adjuntos
  • No puedes editar tus mensajes