Anuncio

Colapsar

Anúncios, tráfico, venda/troca de sementes, spammers, trolls e etc...

Galera,

Nessa semana eu apaguei as mensagens de um spammer querendo criar grupos de whatzapp.

Como o fórum está pouco movimentado, consequentemente os moderadores não necessitam de uma participação tão ativa. Portanto, casos assim talvez demorem uns dias para serem resolvidos.

Por favor, aqui é todo mundo grandinho o suficiente para não cair no conto do vigário de anúncios, tráfico, venda/troca de sementes, spammers, trolls e etc...


Atenciosamente,
Moderação CCBR
Ver más
Ver menos

Enteógenos - A enteogenia manifesta

Colapsar
Este es un tema pegajoso.
X
X
  • Filtrar
  • Tiempo
  • Mostrar
Limpiar Todo
nuevos mensajes

  • #16
    Re: Enteógenos

    Originalmente publicado por zedonato Ver Mensaje
    Alguém aqui já teve experiencias com trombeta(lírio)?
    Dei uma pesquisada, mas não achei nenhuma fonte confiável, já vi muita gente fazendo terror em cima dessa planta, mas também achei gente falando que é tranquilo, desde que faça o uso consciente

    Um amigo me chamou pra tomar o chá com ele no sábado, mas estou meio com receio, já tive experiencia com outros enteógenos (cubensis, amanita, salvia, LSD), mas todos estava muito seguro do que ia fazer, e ai, o que acham?
    Mano, só ouvi falar em bad trip dos camaradas que já fizeram o uso e olha que todos eles devem ter a mesma experiencia que você com alucinógenos, mas acredito que se houver alguém guiando a viagem ela possa ser boa, por isso é necessário alguém "de cara" pra cuidar dos malucos, porque a onda meio que sai do controle... Hehehehehe!!
    Boa viagem irmão, vamo que vamo...
    Editado por última vez por Beckenbauer; https://www.cannabiscafe.net/foros/member/93037-beckenbauer en 26/04/2013, 14:06 .

    Comentario


    • #17
      Re: Enteógenos

      Trombeta, mais conhecida como castigo de índio.

      Mano, eu não aconselho o uso. Já usei e não foi bom. Tenho amigos que já usaram tb... cada um com história mais macabra. Estilo quebrar os dois dentes da frente tentando fugir do quarto, vendo a porta na parede. Achou que estava dentro de uma igreja gótica e os gárgulas queriam pegá-lo. Outro quase caiu da cachoeira. Tinha que amarrar os malucos e tal... Dentre outras histórias. Aqui no pico onde a galera frequentava na adolescência, quando acabavam os cogus partiamos pra trombeta Tem maluco sequelado até hj. Doideira, nunca mais uso essa parada. Se for usar segue o que o Becken falou, alguém tem que ficar de cara. E tem que ser caboclo forte pq se der merda o bicho pega. Não to querendo te assustar não... é a realidade dessa parada.

      Abraço!
      Manipular informação é uma forma de censura


      http://www.youtube.com/watch?v=tY-nVxZh3Rs

      Comentario


      • #18
        Re: Enteógenos

        Originalmente publicado por zedonato Ver Mensaje
        Alguém aqui já teve experiencias com trombeta(lírio)?
        Dei uma pesquisada, mas não achei nenhuma fonte confiável, já vi muita gente fazendo terror em cima dessa planta, mas também achei gente falando que é tranquilo, desde que faça o uso consciente

        Um amigo me chamou pra tomar o chá com ele no sábado, mas estou meio com receio, já tive experiencia com outros enteógenos (cubensis, amanita, salvia, LSD), mas todos estava muito seguro do que ia fazer, e ai, o que acham?
        Trombeta ??? É punk !!!! Cuidado !!! Tomei um chá uma vez só na vida..... quero mais não

        Eu e mais três amigos num sítio, 6:00h da tarde e ficamos vendo o pôr do Sol. Daí cada um pirou num tempo diferente....

        Eu via veados ( animal, kkk) pulando meio escondido na mata em volta, barulhos / sons estranhos, as cores e formas das árvores mudava, pareciam estar se contorcendo, o chão.......que chão ???? Ele se mexia como num barco, pura labirintite

        Sabe quando vc pede pra Deus que vc quer voltar, ficar bom, sarar, sair daquela doideira ?

        Resolvemos ir pra cama para ver se melhorava......coisa de 1 ou 2 horas depois fui tentar ir pro banheiro mijar e vomitar, e minhas pernas não respondiam.....sem noção....
        Tive que ir de quatro, engatinhando como bebê pela sala.....
        ....e quando cheguei lá já tinha um dormindo no tapete coberto com uma tolha molhada

        É forte o trem .....se seu amigo já tomou sabe o que estamos falando. Se for rolar, um tem que ficar totalmente de cara tomando conta do outro.
        Se for o caso voces revesam.....

        Abraço
        sigpic

        Cultivo para meu uso restrito medicinal, espiritual e recreativo.
        Não faço apologia, não ofereço nem vendo.
        Não sou viciado nem traficante.
        ​Sou usuário consciente!

        Comentario


        • #19
          Re: Enteógenos

          Vish, que trash!! Pelo jeito quase todo mundo tem bad trip com a trombeta... Decidi que não vou tomar, mas vou ser o anjo da guarda de meu amigo

          Ele também nunca tomou o chá, mas conhece trips pesadas, tem uma certa experiencia com ayahuasca, ele está confiante de que vai ser boa a trip e disse que se não for, será de grande valia, pois trará muito conhecimento a ele, espero que assim seja mesmo

          Obrigado pelas respostas! Se não fossem elas, as chances eram grandes de amanha eu estar lutando comigo mesmo e perdendo feio huahuah

          Abraço

          Comentario


          • #20
            Re: Enteógenos

            Boa sorte Zédonato, o pessoal respondeu e desaconselhou, eu só ouvi falar da trombeta, e sempre ouvi a mesma história, é forte e tenso. Tem substâncias que propiciam viagens interiores muito melhores. Dá uma procurada que tem coisa melhor aí na prateleira.

            Obrigado por rabiscar por aqui.

            Gosto Muito

            Comentario


            • #21
              Re: Enteógenos

              Se me perguntar, eu diria: Trip do inferno, fique longe disso, fuja para as montanhas!

              Pessoal... trombeta, lírio, zabumba, saia branca e etc.....são todos nomes populares da mesma planta!(Brugmansia ssp)

              Brugmansia e datura são plantas do capiroto sim sr!

              Antigamente usada por indios nas américas(brugs) e por bruxas na zoropa(datura)

              Dizem que ela costuma atrair as pessoas para ''enfeitiçalas'' com seu charme e ótimo perfume, por isso os bruxos a usavam muito.

              Eu não a considero enteogeno e não vejo nenhum beneficio, pois quando consumida em forma de chá ela é extremamente toxica, um veneno que causa delirios, febre e etc.

              E muitas vezes acaba fudendo vida da pessoa que beber um pouquinho a mais! E por ser super intoxicante seu organismo pode demorar um bom tempo para ficar limpo, muitas vezes a visão fica embaçada por dias, isso se não virar louco de hospício né...

              O que se busca nas brugmansias, datura e afins, não estão nelas galera. E sim nas plantas com poderes oníricos como a Calea!

              Nao a condeno mas fica o alerta, inclusive Já tive datura stramonium aqui no roçado, cultivei devido sua misticidade, beleza e energia de suas flores, mas sem o intuito de comungar. Salvo engano a escopolamina encontrada nelas é usada pela indústria para fazer medicina...
              Editado por última vez por Trich Lover; https://www.cannabiscafe.net/foros/member/166928-trich-lover en 28/04/2013, 01:08 .
              sigpic
              Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
              Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
              http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...aria-Mágica

              Comentario


              • #22
                Re: Enteógenos

                Obrigado pelas informações Trich
                Não sabíamos que era o veneno que causava os delírios, ontem mostrei o tópico para meu amigo e ele acabou não tomando também...

                Comentario


                • #23
                  Re: Enteógenos

                  Video bacana sobre cogumelos mágicos. Penas que está em inglês mas a legenda ajuda muito.




                  Gosto Muito

                  Comentario


                  • #24
                    Re: Enteógenos

                    Opa! Q bacana esse assunto...
                    Ganhei de um amigo esporos pra q eu pudesse cultivar, vou me informar sobre o assunto e vou tentar um cultivo...
                    Vamo v q q dá...

                    Abxxx
                    NÃO FINANCIE O TRÁFICO!

                    Comentario


                    • #25
                      Re: Enteógenos

                      Não tem segredo nem firula, é assepsia máxima nos procedimentos e paciência! Não inventar e seguir os parâmetros e técnicas já estabelecidas há muitos anos. No caso a técnica recomenda para os iniciantes é a PF TEK( Vermiculita + Farinha de arroz integral + H2O)

                      1/8 de um print é o suficiente para confeccionar uma ou duas seringas de 20ml!



                      Já tenho alguns meses que não faço um cultivo, mas estou dando um up no meu set up, agora tenho um cantinho só para isso então estou montando um terrario 4x maior, 120L O grande vou deixar só para cubensis e o antigo pequeno para panaeolus!
                      Ainda preciso comprar um panela de pressão nova, uma de 15 litros logo

                      Final do mês devo começar os trabalhos e agitar novamente a chapelaria!

                      Se precisar de ajuda, disponha!
                      Editado por última vez por Trich Lover; https://www.cannabiscafe.net/foros/member/166928-trich-lover en 11/09/2013, 00:19 .
                      sigpic
                      Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
                      Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
                      http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...aria-Mágica

                      Comentario


                      • #26
                        Re: Enteógenos

                        Originalmente publicado por Trich Lover Ver Mensaje
                        Não tem segredo nem firula, é assepsia máxima nos procedimentos e paciência! Não inventar e seguir os parâmetros e técnicas já estabelecidas há muitos anos. No caso a técnica recomenda para os iniciantes é a PF TEK( Vermiculita + Farinha de arroz integral + H2O)

                        1/8 de um print é o suficiente para confeccionar uma ou duas seringas de 20ml!



                        Já tenho alguns meses que não faço um cultivo, mas estou dando um up no meu set up, agora tenho um cantinho só para isso então estou montando um terrario 4x maior, 120L
                        Ainda preciso comprar um panela de pressão nova, uma de 15 litros logo

                        Final do mês devo começar os trabalhos e agitar novamente a chapelaria!
                        adoro essa chapelaria
                        um dia me aventuro nisso aí,
                        e o Trich vai ser o mestre

                        Gosto Muito

                        Comentario


                        • #27
                          Re: Enteógenos

                          Originalmente publicado por Trich Lover Ver Mensaje
                          Não tem segredo nem firula, é assepsia máxima nos procedimentos e paciência! Não inventar e seguir os parâmetros e técnicas já estabelecidas há muitos anos. No caso a técnica recomenda para os iniciantes é a PF TEK( Vermiculita + Farinha de arroz integral + H2O)

                          1/8 de um print é o suficiente para confeccionar uma ou duas seringas de 20ml!



                          Já tenho alguns meses que não faço um cultivo, mas estou dando um up no meu set up, agora tenho um cantinho só para isso então estou montando um terrario 4x maior, 120L O grande vou deixar só para cubensis e o antigo pequeno para panaeolus!
                          Ainda preciso comprar um panela de pressão nova, uma de 15 litros logo

                          Final do mês devo começar os trabalhos e agitar novamente a chapelaria!

                          Se precisar de ajuda, disponha!
                          Grande Trich!!!

                          Muito obrigado pela contribuição!
                          Tava mesmo pra dar uma olhada no seu tópico à respeito, mas vc foi mais rápido!
                          Vou me arriscar por aqui, qlq coisa t dou um alô, mestre!

                          Grande abraço
                          NÃO FINANCIE O TRÁFICO!

                          Comentario


                          • #28
                            Re: Enteógenos

                            É nóis no terrário de 100L+! Iarrúúllll!

                            Comentario


                            • #29
                              Re: Enteógenos

                              Pendurado!
                              sigpic
                              Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
                              Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
                              http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...aria-Mágica

                              Comentario


                              • #30
                                Re: Enteógenos - A enteogenia manifesta

                                Pesquisas testam potencial beneficio da ayahuasca contra depressão e dependência
                                28/08/2014

                                Cepa da alma. Este é o significado etimológico do nome dado à bebida obtida da fervura das plantas Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis, a ayahuasca, ou hoasca, também conhecida como chá do Santo Daime. Permitida apenas em cerimônias religiosas, o composto tem sido alvo de pesquisas e pode vir a ser útil para o tratamento da depressão e até da dependência química.

                                O psiquiatra Jaime Hallak, professor da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo) – Ribeirão Preto afirma que, apesar desse grande potencial, o que existe de concreto no momento são estudos preliminares que evidenciam alguns benefícios à saúde. “Os modelos experimentais com animais e os relatos esporádicos com humanos sugerem indicações como antidepressivo e ansiolítico”.

                                Hallak coordena pesquisas que investigam os princípios ativos da ayahuasca, além dos seus eventuais usos clínicos. Parte desses trabalhos prevê a observação de neuroimagens funcionais para identificar as áreas cerebrais estimuladas pela substância.

                                “Para pesquisadores em neurociências, a ayahuasca é um instrumento poderoso. Como psiquiatra, entendo que ela é uma rica fonte de estudos, especialmente por sua capacidade de provocar alterações nos estados da consciência”, diz.

                                “A meta é aprender mais sobre a mecânica biológica que permite ao cérebro criar ou modificar seu funcionamento, dando oportunidade ao surgimento dessas alterações”, acrescenta.

                                Meditação ou alucinação?

                                Na opinião do médico Wilson Gonzaga, psiquiatra integrante do grupo multidisciplinar do Conselho Nacional de Políticas sobre Drogas (Conad), responsável pela resolução que regulamentou o uso religioso da ayahuasca no Brasil, essa é uma importante distinção a ser feita. “Ampliar a consciência não significa ter alucinação em seu sentido pejorativo”, explica.

                                Segundo ele, ampliar a consciência é alcançar um estado mental que permite uma reflexão profunda, semelhante à meditação. Já a alucinação é uma percepção alterada da realidade.

                                Primeiros estudos

                                Um estudo dirigido pelo especialista em ciências botânicas Dennis J. Mackeena, da Universidade de Minnesota (EUA), que contou com a colaboração de pesquisadores europeus, brasileiros e americanos, foi um dos primeiros e maiores trabalhos a mensurar os efeitos físicos e psicológicos da ayahuasca em humanos. Em 2004, época de sua publicação, relatou-se que a possibilidade de ampliação da consciência já tinha sido observada pelo antropólogo Michael Winkelman, ex-professor da Universidade do Arizona, que definiu essa propriedade como “psicointegradora”.

                                Essa pesquisa, publicada pela revista científica Pharmacologics&Therapeutics em 2004, mostrou que o uso da ayahuasca em comunidades religiosas visava também o tratamento de alcoolismo e abuso de drogas. Consta do estudo que a maioria das pessoas com histórico de dependência e recuperação, atribuía ao consumo do chá essa mudança comportamental.

                                Naquela ocasião, o pesquisador foi prudente em ressaltar que o fato poderia ser resultado do apoio social e do ambiente psicológico oferecidos pelas comunidades. Entretanto, um detalhe não escapou à sua observação: nos quadros de alcoolismo severo, há alterações nos níveis de serotonina. Concluiu-se, então, que fatores bioquímicos ligados à ayahuasca estariam envolvidos na modificação da qualidade de vida dos usuários. Para ilustrar o assunto, Mackeena referenciou uma notícia veiculada pela BBC News, que citava a ayahuasca como coadjuvante da psicoterapia no tratamento de dependências químicas numa clínica do Peru.

                                As pesquisas em curso hoje buscam saber como os componentes do chá atuam no organismo, qual é o perfil de seus consumidores, e quais são seus efeitos no comportamento e nas habilidades intelectuais e cognitivas, como diz o psiquiatra Dartiu Xavier da Silveira, coordenador do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes (Proad) do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). “Sem resposta para essas questões, é impossível reconhecer a existência efetiva desses poderes curativos”, pondera. Apesar dessa convicção, o médico admite que diversas pessoas abandonaram um quadro de dependência química ao ingressar nessas seitas daimistas.

                                Riscos

                                Os especialistas são unânimes sobre o fato de que a bebida não deve ser consumida de forma deliberada. “Não é porque uma substância é natural que o abuso está autorizado. Exemplos disso são a maconha e o álcool”, observa Silveira. Como não se conhecem os possíveis efeitos tóxicos da ayahuasca, nem sua ação sobre o sistema nervoso central em formação, a bebida é contraindicada para crianças e grávidas.

                                De um modo geral, os especialistas contraindicam a bebida para pessoas com transtornos psiquiátricos. “A atenção deve ser redobrada se a pessoa é portadora de esquizofrenia ou transtorno bipolar, pelo risco potencial de agudização do quadro”, completa Hallak.

                                A ayahuasca também não deve ser consumida por quem usa antidepressivos. O psiquiatra Luís Fernando Tófoli, professor adjunto da Universidade Federal do Ceará (Ufce), e coordenador da Comissão de Saúde Mental da União do Vegetal, declara que existe um estudo que alerta sobre o risco potencial de uma reação grave, potencialmente letal, na interação entre a ayahuasca e certos inibidores de recaptação de serotonina, como o Prozac. Tófoli acredita que a advertência é exagerada, pois nunca se teve notícia de quadros graves. Por outro lado, faz uma recomendação específica: “A bebida jamais deve ser consumida com medicamento conhecido por tranilcipromina, um antidepressivo pouco utilizado, mas disponível no mercado”.

                                “Pessoas com doenças físicas graves devem receber quantidades reduzidas ou muito reduzidas, porque pode ocorrer aumento leve dos batimentos cardíacos e da pressão, além da ocorrência de vômitos ou, mais raramente, diarreia”, previne, ainda, Tófoli.

                                Outra precaução apontada por Hallak é evitar a bebida após o consumo de alimentos que contenham tiramina (queijos, chocolates, carnes em conserva, salsichas, bebidas alcoólicas, lentilha, amendoim etc.). A combinação das substâncias pode resultar no aumento da pressão sanguínea arterial. Quanto aos possíveis efeitos colaterais, o psiquiatra diz que as reações mais comuns são náuseas, vômitos e diarreia.

                                Indagado sobre quanto tempo ainda seria necessário para a conclusão dos estudos e da eventual comercialização de medicamentos à base da ayahuasca, o especialista declara: “É importante que a população entenda que um dos objetivos mais importantes das pesquisas é conferir segurança ao uso dessa substância. Como todos os estudos ainda estão em sua fase preliminar, estimo que ainda deveremos esperar ao menos 10 anos até que os princípios ativos da ayahuasca possam ser comercializados”, avisa.



                                SAIBA MAIS SOBRE A AYAHUASCA

                                O que é – A bebida é obtida através da combinação da planta Banisteriopsis caapi (mariri) e outras ervas que são maceradas ou aferventadas, como a Psychotria viridis (chacrona ou rainha)
                                Como funciona – A atividade farmacológica da ayahuasca é única, pois depende da interação das substâncias contidas nas plantas. A B. caapi contém os alcaloides harmina, tetra-hidro-harmina (THH) e, em menor quantidade, harmalina. A P. viridis, por sua vez, fornece a triptamina alucinógena de ação ultrarrápida, a N-dimetiltriptamina (DMT). A modulação da DMT é promovida pelos efeitos ativos da B. caapi). E essas substâncias têm como função mais conhecida bloquear a enzima monoaminooxidase (MAO), permitindo que o DMT seja absorvido pelo sistema digestivo. Como elas são psicoativas, possuem efeito sedativo semelhante ao harmano (também conhecido como passiflorina, alcaloide presente em uma outra trepadeira da ordem do B. caapi, o maracujá)
                                Efeitos – O consumidor do chá pode vivenciar percepções sensoriais sem estímulos externos. Na maioria das vezes, a pessoa permanece consciente de que está sob efeito da ayahuasca, e mantém controle de suas ações. Indivíduos que fazem uso da bebida regularmente descrevem capacidade de maior compreensão de aspectos espirituais de sua própria vida
                                Tempo de ação – o consumo de 100ml da bebida requer 30 minutos para entrar na corrente sanguínea e atuar sobre o cérebro. Esse efeito pode durar até quatro horas. Já a sensação de bem-estar e tranquilidade costuma se prolongar, segundo usuários

                                Fonte:
                                http://coletivodar.org/2014/08/pesqu...dependencia-2/
                                sigpic
                                Consumir o que você mesmo planta é algo tão básico, tão fundamental, que é absurdo pensar que o sujeito pode ser proibido disso!
                                Choupana Orgânica * Chapelaria Mágica * Jardim Etnobotânico
                                http://www.cannabiscafe.net/foros/sh...aria-Mágica

                                Comentario

                                Trabajando...
                                X